Veja 7 cuidados a serem tomados no aluguel de galpão industrial!

6 minutos para ler

O aluguel de galpão industrial pode acarretar complicações, principalmente se você não tem conhecimento de como alugar, o tamanho ideal e assim por diante. Por isso, não é bom se precipitar e efetuar sua transação na primeira oferta que encontrar.

Se você já tem em mente o tipo de galpão que deseja alugar, mas não sabe como concretizar o negócio, confira este artigo. Nele, exemplificaremos como funciona o processo de locação, o tipo de galpão ideal para sua empresa e outras informações.

1. Conheça como o processo de aluguel de galpão industrial

O processo de locação de um galpão industrial pode ser concretizado de diferentes formas. Uma delas é com o auxílio de um fiador, que deve apresentar documentação confiável para atuar como intermediário na negociação.

O fiador deve contar com uma renda superior a três vezes o valor do aluguel, ser proprietário de imóveis, que sejam localizados na mesma cidade, e não ter restrições em seu nome (ou seja, seu CPF não pode estar inscrito em órgãos responsáveis pela proteção ao crédito, como SPC e Serasa).

Outra possibilidade é por meio de seguro fiança. Nessa modalidade, a seguradora escolhida servirá de garantia de pagamento do inquilino. Para tanto, ele paga um valor específico para a empresa, o qual pode ser parcelado.

O locador pode decidir os itens que deseja que a seguradora cubra para evitar a inadimplência do locatário, como o IPTU, a taxa de condomínio, o aluguel e assim por diante. Apesar de o dinheiro pago à seguradora não ser devolvido ao locatário, essa modalidade está se tornando cada vez mais comum no mercado imobiliário.

2. Estude o mercado

Antes de alugar um galpão industrial, é preciso pesquisar como funciona o mercado na região em que você deseja ter o galpão. Veja os principias pontos disponíveis e compare preços, priorizando o melhor custo-benefício, ou seja, vale a pena pagar mais por um imóvel que ofereça vantagens em relação a outros galpões mais baratos, mas com menor potencial, pouca segurança, baixa visibilidade, acessibilidade difícil, entre outros aspectos.

Toda empresa deve pesquisar o mercado antes de tomar qualquer decisão comercial. Até porque é o capital de investimento empresarial que estará em jogo.

3. Verifique a localização do galpão

É interessante que você verifique a localização do galpão antes de alugá-lo.O ideal é que ele seja próximo às vias de acesso de transportes. Assim, a mercadoria poderá chegar até o local de destino com mais segurança e rapidez.

A acessibilidade às rodovias e estradas faz toda a diferença para as operações logísticas, podendo interferir, inclusive, no relacionamento da empresa com o consumidor. Se os veículos de entrega sofrem para seguir uma rota, as possibilidades de atrasos aumentam, o que não é bom para o cliente, que se sente insatisfeito com os serviços prestados. Da mesma forma, é importante que os fornecedores tenham fácil acesso, caso contrário o abastecimento dos estoques pode ficar seriamente comprometido.

O ideal é que o galpão se localize em um espaço comercial específico, onde existam outros imóveis da mesma categoria, como galpões industriais, armazéns comerciais, entre outros. Assim, há mais praticidade da parte dos interessados em chegar ao galpão.

4. Considere a infraestrutura e a segurança

Infelizmente, muitos galpões sofrem atos de vandalismo no Brasil e, muitas vezes, até assaltos e furtos. Tudo pode ser evitado se houver investimento na segurança. Um bom galpão conta com câmeras de segurança, muros altos (com cerca elétrica ou de arame farpado) e vigilância constante. Assim, seu galpão e suas mercadorias ficarão em segurança, protegidos de invasores.

Pode parecer clichê, mas investir em segurança é essencial para sua empresa, principalmente quando se trata de alugar um galpão industrial. Garantir a segurança do local e de tudo que há nele faz parte do processo de locação. Se, na hora de alugar, você não prestar atenção na infraestrutura oferecida, pode acabar fazendo um mau negócio.

Para encontrar a infraestrutura adequada, você deve levar em conta a altura (o pé-direito), o tamanho, o espaço interno disponível, a tecnologia usada, as instalações elétricas, a ventilação e a iluminação do ambiente, os materiais usados na cobertura e piso, as prateleiras e tudo que for relevante para um armazenamento eficiente.

5. Confira o espaço necessário

Antes de alugar um galpão industrial, é importante verificar se o espaço atenderá às especificidades da sua empresa, de modo a evitar que você tenha prejuízos por escolher uma instalação maior ou menor do que o necessário.

Lembre-se de que não é uma boa estratégia alugar um espaço muito amplo para poucos itens, pois você provavelmente pagará mais caro e terá mais trabalho, limitando mais o capital de giro disponível.

Tudo depende dos planos da sua empresa a longo prazo. Se você tem interesse em uma expansão prolongada, nada como um galpão industrial com espaço para suas mercadorias, pois ele será aproveitado ao longo do tempo, sem a necessidade de ter que movimentar os itens já estocados para uma construção maior.

6. Verifique o piso do galpão

Normalmente, os galpões costumam ter as adequações necessárias para suportar as mercadorias, mas é sempre interessante verificar se o piso tem os níveis certos de equilíbrio e solidez, para que as mercadorias não caiam umas em cima das outras.

O piso também deve ser resistente para suportar o peso dos materiais que entram em contato direito ou indireto com ele. É fundamental que ele não apresente rachaduras nem mesmo em longo prazo.

7. Tenha cuidado na hora de fechar contrato

Antes de fechar o negócio, verifique se a empresa é confiável e fornece as garantias necessárias, como segurança, infraestrutura e boa iluminação. Certifique-se, ainda, de que o contrato apresenta as cláusulas acordadas. Instituições de boa reputação costumam fazer suas transações de forma transparente e objetiva, e é com elas que é interessante fechar negócio. 

Esteja alerta a esses 7 cuidados para sair ganhando no aluguel de galpão industrial. Opte por uma empresa que seja especializada no assunto e ofereça um portfólio variado de imóveis, estrategicamente localizados e com bom custo-benefício. Avalie, também, se a instituição oferece a possibilidade de projetos personalizados.

Se ainda está em busca do melhor galpão, entre em contato com nossa empresa e veja como ela pode ajudar você!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Receba nossos conteúdos em primeira mão