Vale a pena investir em imóveis em um cenário de crise?

9 minutos para ler

Neste conteúdo, você encontrará uma série de informações úteis para que possa decidir se realmente vale a pena investir em imóveis em cenários de crise. No decorrer do artigo, responderemos questões como:

  • quais são as vantagens de investir em imóveis na crise?
  • quais são as desvantagens de investir em imóveis na crise?
  • como fazer a gestão do investimento em imóveis durante o coronavírus?
  • como um agente profissional pode ajudar a fazer bons negócios?
  • afinal, vale a pena?

_____________________________

Investir em imóveis é sempre uma das primeiras formas de investimento que vem à cabeça na hora de fazer o dinheiro render, perdendo, normalmente, apenas para a poupança. O fato do mercado imobiliário ter um alto índice de rentabilidade e segurança, atrai cada vez mais investidores.

No entanto, nos últimos anos, a crise afetou o setor e deixou a dúvida: o investimento ainda vale a pena? Pensando nisso, preparamos este artigo para que você possa analisar as principais vantagens e desvantagens de se fazer negócios imobiliários, como gerir o investimento em cenários complexos e se realmente vale a pena. Continue a leitura para saber mais sobre o assunto!

Quais são as vantagens de investir em imóveis na crise?

Investir em imóveis, mesmo em tempos de crise, é sempre uma opção bastante segura pelo fato de que o mercado imobiliário é um dos mais estáveis. Mesmo que os preços possam cair em um determinado momento, a tendência é que as propriedades recuperem valor com o decorrer do tempo.

A seguir você verá uma série de vantagens de investir em imóveis em tempos de crise.

Maior oferta de imóveis

Durante a crise, as pessoas cortam gastos e costumam adiar compras de grande montante, como os imóveis. Assim, a procura cai, aumentando a oferta. Algo ruim para quem precisa vender, mas uma oportunidade para quem quer comprar. Dá até pra encontrar imóveis em melhor localização!

Mais opções de imóveis para investir

Seguindo o raciocínio, se a oferta aumenta, existem mais opções de investimento no mercado imobiliário. Apartamentos, casas residenciais e comerciais, galpões e outros tipos de imóveis: o investidor tem uma gama de opções à sua disposição.

Melhores preços no mercado

O aumento da oferta de imóveis no mercado tende a fazer os preços caírem. Se o investidor tem o hábito de pesquisar, poderá encontrar grandes chances de fechar um bom negócio.

Negociação mais acessível

Como grande parte dos imóveis estão parados há algum tempo, os proprietários costumam estar mais acessíveis às negociações. A razão para isso é clara: imóvel fechado é perda de dinheiro. Para muita gente, abaixar o valor para vender mais rápido é uma alternativa que pode agradar proprietário e comprador.

Quais são as desvantagens de investir em imóveis na crise?

Neste tópico separamos as principais desvantagens que o investimento em imóveis em tempos de crise pode gerar, para que você faça um balanço e possa decidir equilibradamente.

Rentabilidade a longo prazo

Como o mercado está desaquecido, o investimento tende a trazer resultados a longo prazo. Isso significa que, se o objetivo for retorno imediato, talvez seja melhor repensar o investimento em imóvel.

Incertezas com o aluguel

Na crise, existe um risco aumentado de o imóvel ficar fechado por algum tempo antes de alugar, como já explicamos aqui. Outro risco devido à fragilidade econômica é de o inquilino ser inadimplente.

Contudo, para não correr o risco de ficar com o imóvel vazio e parado, já que pode ser difícil encontrar outro inquilino de confiança nestes tempos, muitas imobiliárias, proprietários e locatários têm feito acordos que favorecem todas as partes envolvidas, como o pagamento de uma fração do aluguel até que as coisas voltem ao normal.

Rentabilidade de outros investimentos

Outra desvantagem importante é a rentabilidade do investimento. Apesar de apresentar risco relativamente baixo, investir em imóveis pode não compensar se comparado com outras opções do mercado financeiro.

O valor de aluguel de um imóvel pode variar, em média, de 0,5% a 0,8% do seu valor de venda enquanto alguns produtos financeiros como fundos e ações apresentaram variações maiores recentemente. É bom lembrar que esses índices, que tem caído recentemente, podem variar de acordo com a instituição financeira e com o momento do mercado, assim como o imóvel em que você pretende investir.

Como fazer a gestão do investimento em imóveis em cenários críticos?

Agora que você tem uma perspectiva mais ampla sobre os pontos vantajosos e as desvantagens de investir em imóveis em cenários de crise, mostraremos algumas boas práticas e aspectos que devem ser considerados na hora de apostar neste tipo de investimentos em panoramas de incerteza.

Tenha visão de empreendedorismo

O investidor do mercado imobiliário, acima de tudo, deve ter uma visão ampla e uma perspectiva de futuro. Jamais deve olhar para frente apenas a curto prazo, já que estamos falando sobre bens de altíssimo valor e de um segmento que se mantém estável mesmo diante dos piores cenários.

Assim como um empreendedor, que para fazer com o seu negócio sobreviva no mercado e cresça, investir em imóveis exige que você enxergue além das aparências da propriedade e perceba o potencial da oportunidade que tem em mãos.

Por exemplo, enquanto um leigo enxerga uma casa antiga como velha, um verdadeiro investidor vê a possibilidade de expandir o terreno e multiplicar o investimento construindo muitos apartamentos. Ou seja, o gosto pessoal jamais deve interferir na decisão, já que o objetivo não é morar no imóvel, mas sim transformá-lo em uma lucrativa fonte de renda.

Busque por boas fontes de informações

Conhecimento nunca é demais, principalmente em períodos de crise. No mercado imobiliário, obter informações é crucial para se tornar um bom investidor. Dito isso, informe-se não apenas sobre o imóvel que pretende adquirir, mas também sobre as possibilidades de criar linhas de crédito e taxas e juros.

Além disso, aprofunde seus conhecimentos a respeito da localização do imóvel. É fundamental manter-se por dentro de todas as tendências de urbanização, saturação imobiliária e históricos de preços da região, assim como conhecer a reputação da imobiliária, incorporadora ou construtora que oferece a oportunidade de negócio.

Fique de olho na liquidez

Um dos diferenciais na prática de investir em imóveis é saber se a propriedade pode ser vendida rapidamente, pois a liquidez é um dos pontos fundamentais para garantir a sobrevivência no mundo dos negócios.

Se esse conceito é aplicado em tempos amenos e de segurança, o que dirá em cenários críticos? Portanto, dê preferência a imóveis com a maior liquidez possível e sempre tenha a certeza de que, mesmo nas crises mais complexas, a tendência é que o mercado se restabeleça em algum momento e a propriedade pode gerar ótimas oportunidades de vendas.

Faça uma relação entre juros X valorização

Para conter os efeitos de uma crise econômica, é comum que as instituições bancárias e financeiras tragam medidas para incentivar os investidores, como a redução de taxas e juros para a aquisição de determinados tipos de imóveis. Além disso, independentemente de qual seja a sua escolha — financiamento, pegar empréstimos ou parcelar — o fato é que precisa escolher a opção que seja mais rentável e adequada à sua realidade.

Afinal, os juros que serão acrescentados à compra reduzirão os seus ganhos, ainda que o preço do imóvel suba com a valorização posteriormente. Portanto, é preciso cacular se a valorização estimada fará com o negócio compense o investimento.

Informe-se a respeito das melhores condições

Se você tem a pretensão de começar a investir em imóveis, não deve subestimar uma crise. Esse é o momento de pesquisar bastante para descobrir qual será o fundo menos afetado. Vale mencionar, ainda, que é preciso analisar com bastante cuidado as melhores alternativas para receber os dividendos em períodos críticos.

Por fim, quem pretende investir em imóveis na crise, precisa conhecer as melhores condições de negociação. Atente aos prazos, taxas e juros, parcelamentos, pois esses aspectos contribuem para que seu investimento seja rentável.

Afinal, vale a pena?

As opiniões dos especialistas divergem muito quanto a investir no mercado imobiliário durante a crise. Há os que defendam e também aqueles que condenam o investimento em imóveis em tempos de incerteza.

Na verdade, não há receita pronta e a resposta depende do objetivo do investidor. Pesando os ganhos e as possíveis perdas, analise as outras opções de investimento no mercado financeiro para tomar a decisão correta.

Lembre-se de que diversificar a carteira de investimentos pode ser uma boa alternativa. De repente, investir em outros fundos e usar a rentabilidade para investir em imóveis pode ser uma saída inteligente para o atual momento.

Como um agente profissional pode ser útil para fazer bons negócios?

Por mais que seja importante buscar informações e aprimorar os seus conhecimentos sobre como funciona o mercado imobiliário, a melhor maneira de garantir a segurança e o sucesso de investimentos em imóveis, é contar com o suporte de profissionais especializados na área.

Os anos de experiência de atuação no setor podem ser muito úteis na hora de escolher as melhores oportunidades de investimento, além de evitar que você corra riscos de fraudes e, é claro, a imobiliária se assume cada etapa do burocrático processo de intermediação entre você e o proprietário do imóvel em questão.

No caso do investimento em galpões logísticos, por exemplo, é crucial lidar com uma empresa que esteja habituada a lidar com esse tipo específico de transação imobiliária. Portanto, na dúvida se vale a pena ou não investir em imóveis em cenários de crise, não hesite em procurar por profissionais especializados para obter o melhor suporte possível.

Tem interesse em começar a investir em imóveis? Gostaria de receber suporte de uma equipe de profissionais com vasta experiência no mercado imobiliário? Então, entre em contato com a gente para saber como podemos ajudar!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Receba nossos conteúdos em primeira mão