fbpx

Seguro fiança de aluguel: você sabe como funciona?

6 minutos para ler

No momento de alugar um imóvel, não basta apenas se certificar de que o valor cobrado pelo proprietário é compatível com o seu orçamento. Além disso, é preciso apresentar ao locador alguma garantia locatícia que minimize os riscos em uma eventual inadimplência. A pessoa que não dispõe de um fiador, que é a pessoa que se responsabiliza a assumir o cumprimento da obrigação em caso de uma emergência financeira do locatário, tem como uma das principais alternativas o seguro fiança de aluguel

E você, sabe como essa modalidade de seguro funciona? Quais as vantagens de contratá-la? Esse tipo de garantia dispõe de algumas regras que precisam ser seguidas pelo inquilino que deseja utilizá-la. Para que você a conheça melhor, preparamos este conteúdo. Boa leitura!

O que é o seguro fiança de aluguel?

O seguro fiança de aluguel é uma modalidade de garantia de pagamento que dispensa o fiador. Ele é contratado pelo inquilino e tem o proprietário daquele imóvel como o beneficiário do seguro. Sendo assim, a vigência da apólice será a mesma do período do contrato de locação. A opção pelo seguro fiança é uma alternativa para facilitar a aprovação do compromisso, beneficiando tanto o dono do imóvel quanto quem está alugando. 

Essa modalidade é utilizada basicamente com o objetivo de garantir ao locador o pagamento do aluguel caso haja inadimplência, além de possíveis multas. Ainda é possível contratar coberturas adicionais referentes a outros encargos e taxas, como IPTU, água, luz, assim como pintura e danos ao imóvel. 

Não é possível determinar um valor fixo para esse tipo de seguro, pois a quantia dependerá de fatores como: as coberturas que o locador solicitará ao locar o patrimônio e a análise de risco que a seguradora fará do candidato a locatário. De modo geral, o seguro fiança de aluguel é uma porcentagem sobre o valor da locação, geralmente variando entre 1x e 2x o valor de um aluguel.

No entanto, a partir da popularização dessa espécie e o ingresso cada vez mais significativo de seguradoras no mercado, a tendência é de que o valor abaixe nos próximos anos. 

Quais as principais informações sobre ele?  

A seguir, selecionamos as principais informações sobre esse gênero de seguro. Veja.

O tipo do imóvel

O seguro fiança de aluguel pode ser utilizado para locação de imóveis urbanos residenciais e não residenciais, como galpões comerciais, por exemplo. Entre os tipos de locação que ele ainda não é permitido, podemos destacar:

  • vagas de estacionamento;
  • apart-hotéis;
  • hotéis;
  • locações por temporada.

A renda exigida

Em relação à renda exigida para o seguro, cada empresa determinará um valor. Geralmente, o custo gira em torno de 3 a 4 vezes a quantia do aluguel. No entanto, em alguns casos é possível chegar ao montante necessário por meio da soma da renda de até 3 pessoas que usufruirão do imóvel em questão. 

A documentação necessária

Neste caso, novamente vamos nos deparar com as especifidades de cada seguradora. Os documentos mais comuns a serem pedidos, são:

  • documentos pessoais, como RG e CPF;
  • imposto de renda, contracheques, movimentações bancárias ou outro tipo de comprovante de renda.
  • inexistência de restrições no SPC/SERASA.

Caso o locatário seja uma empresa, além do contrato social, será necessário apresentar informações financeiras, referências comerciais, documentos pessoais e o comprovante de renda dos sócios do empreendimento. 

Que vantagens oferece?

O seguro fiança no aluguel apresenta uma série de vantagens, tanto para o inquilino quanto para o proprietário. Confira as principais!

Evita o constrangimento da busca por um fiador

Mesmo sendo a maneira mais em conta no quesito financeiro, a tarefa de conquistar um fiador pode ser muitas vezes constrangedora. Conseguir uma pessoa próxima seja amigo ou familiar, e que tenha crédito para ser o fiador, é uma tarefa mais difícil do que se pode imaginar.

Além disso, mesmo conseguindo alguém de sua total confiança, você pode ter problemas pessoais caso tenha um contratempo com o pagamento do aluguel. Outro constrangimento consiste no fato de que ela ainda passará por uma avaliação. Por essa razão, o seguro fiança na locação é uma maneira prática e com o preço justo para garantir o negócio. 

Oferece mais agilidade no contrato

Ao contrário das alternativas, como a do fiador, que pode demorar dias ou até mesmo semanas, o seguro fiança na locação pode demandar apenas 48 horas nas tratativas de imóveis comerciais. Isso evita, por exemplo, que o proprietário alugue o imóvel para outra pessoa, comprometendo o planejamento do seu comércio. 

Tem opções de coberturas extras

Dependendo da seguradora que fizer o seguro fiança na locação, você pode ter direito a assistências extras, como reparos no imóvel, dedetização, conversão de gás e até mesmo transporte da mudança de itens de escritório em empresas conveniadas. 

Garante o recebimento rápido de pagamentos atrasados

As vantagens do seguro fiança de aluguel não são apenas para os inquilinos. Os proprietários também podem usufruir de benefícios, como a garantia de recebimento rápido de aluguéis atrasados. Mesmo em casos em que a imobiliária tiver que iniciar um processo judicial contra o inquilino, o locador terá a garantia do recebimento dos pagamentos em dia, o que é muito melhor do que cobrar o valor de um fiador que também pode faltar com o compromisso. 

O cumprimento do contrato fica garantido pela seguradora. Mesmo naqueles casos em que o locatário não pagar o aluguel, o locador pode ter a garantia dos encargos até o final. Além de tudo isso, o honorário dos profissionais jurídicos e da assessoria de cobrança não terá custo algum ao proprietário!

Cobre danos materiais e pintura

O seguro fiança de aluguel garante, nos casos em que essas coberturas forem contratadas, a pintura completa do imóvel, reparo de danos e qualquer outro tipo de prejuízo físico causado pelo locatário ao imóvel locado, ao final do contrato de locação. 

A mesma vistoria que é realizada no momento de entrega das chaves se repete no encerramento da locação. Qualquer anormalidade constatada na edificação será corrigida.    

Ao ler este conteúdo, você pôde entender o que é e como funciona o seguro fiança no aluguel. A partir dessas informações, contar com uma imobiliária especializada no assunto, e que entende sobre os trâmites e processos da modalidade, é essencial. Sendo assim, procure ter ao seu lado profissionais capacitados que tornarão o processo de locação mais seguro.

Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato com nossa equipe e tire suas dúvidas.  

 

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Share This