Está na dúvida entre reformar um galpão industrial ou comprar algo já pronto? Nem havia considerado a primeira opção? Então este artigo é para você! Realizar a compra de imóveis antigos ou em condições que precisam de melhorias é uma ótima opção para quem quer fazer esse tipo de investimento.

Os benefícios dessa prática são diversos. O cenário atual do mercado permite encontrar melhores opções para reforma do que compras prontas em locais novos. Além disso, a empresa vai pagar um valor menor no imóvel e pode criar algo moderno, econômico, sustentável e personalizado, atendendo a todas as suas necessidades.

Mesmo assim, muitas empresas não querem se envolver em reformas, porque acreditam que o processo é longo e dá muito trabalho. Porém, com uma estratégia bem definida e bons parceiros, tudo isso pode mudar.

Pensando nisso, listamos abaixo os principais cuidados que você deve tomar ao reformar um galpão industrial, garantindo um ótimo investimento para o seu negócio. Leia até o final para conferir!

Faça planejamento financeiro

O primeiro passo para garantir uma reforma inteligente em seu galpão é realizar um planejamento financeiro. É preciso levantar todos os custos que envolvem esse processo, desde a compra do local até o final das obras. Entre eles, estão:

  • negociação e seleção do estabelecimento;
  • taxas de compra;
  • valor de compra;
  • projeto de reforma;
  • mão de obra;
  • tempo de reforma;
  • custos de contingência.

Com esse levantamento em mãos, fica fácil fazer a comparação entre um imóvel que precisa de reformas e um que está pronto para uso. Não se esqueça de fazer uma projeção de gastos fixos do local, como energia elétrica e água, para avaliar se a criação de sistemas econômicos muda essa diferença num pequeno período de tempo.

Trabalhe com profissionais qualificados 

Outro ponto importante numa reforma é ter profissionais qualificados ao seu lado para auxiliá-lo na tomada de decisão. Ter engenheiros, especialistas no mercado imobiliário e em reformas de galpões industriais garante que as escolhas estão alinhadas com as necessidades da organização.

Eles também ajudam a fazer um planejamento financeiro adequado, bem como a definição do projeto, o tempo de reforma, os materiais e a mão de obra necessária para que tudo aconteça dentro do previsto. Dessa forma, os imprevistos são menores e o retorno sobre o investimento é maior.

As consultorias e empresas especializadas na escolha de um galpão auxiliam seus clientes em todo o processo de decisão  seja ela para alugar um local, fazer a compra final ou com reformas inclusas.

Essas empresas têm expertise em seleção de opções que atendem as necessidades de cada empresa e tipo de negócio. Além disso, normalmente apresentam uma lista de parceiros de confiança que podem ser usados para as demais etapas do processo de reforma, dando mais segurança e garantindo melhores ofertas para o investimento.

Fique atento às normas e regras de construção locais

Um erro comum de muitas pessoas que decidem realizar obras e reformar um galpão ou outro estabelecimento é não se informar sobre normas, regras e legislação de construção do local.

Cada município ou jurisdição pode apresentar restrições e padrões que devem ser seguidos. Caso uma obra não atenda a essas exigências, o projeto não é aprovado e não pode ser continuado.

Algo importante é que essas normas mudam de forma constante e são exigidas todas as vezes que um proprietário solicita autorização para obras. Dessa forma, ao comprar um galpão antigo, é muito provável que ele não esteja dentro do código padrão, ficando sob sua responsabilidade atualizar o local.

Essas mudanças representam custos no projeto e devem ser consideradas dentro do seu planejamento financeiro. Algumas exigências podem fazer toda a diferença entre o investimento ser a melhor opção ou não.

Dê preferência para projetos completos de estrutura

Questões de estrutura, como hidráulica e sistema elétrico, podem ser caras e representar altos custos dentro de um projeto. Por esse motivo, muitas pessoas optam por não trocar esses itens ao fazer uma reforma. Entretanto, essa decisão é um erro que, a longo prazo, vai representar um investimento muito maior para o negócio.

Isso porque, em galpões antigos, esses sistemas são velhos e defasados. Portanto, os custos de manutenção e consumo são maiores. Além disso, depois de alguns anos, é comum que você tenha que refazer os sistemas, o que vai gerar novos custos e obras para a empresa.

Além disso, existem opções mais modernas e econômicas que podem ser usadas em sua obra, o que gera redução no consumo e gastos de manutenção​. Dessa forma, no longo prazo, a decisão de incluir esses itens na reforma é compensada.

Considere a adoção de tendências de construção

Além das opções em estrutura, existem tecnologias e técnicas de reforma que são tendências no mercado e podem ser adotadas em seu projeto. Elas criam galpões mais modernos e reduzem os custos da reforma.

Um exemplo que tem se destacado no mercado é o retrofit — prática criada na Europa focada na reforma de prédios históricos, mantendo apenas sua estrutura e modernizando o espaço. Ela é uma opção menos custosa para as empresas que estão procurando um bom investimento.

Outra tendência interessante é a inclusão de itens sustentáveis ecológicos — como um sistema de reutilização de água ou painéis de energia solar. Além de gerar redução de custos de manutenção e consumo, essa prática gera uma imagem positiva para a empresa.

Fica evidente que reformar um galpão industrial não é um processo simples, porém, a prática garante diversos benefícios para quem opta por ela. Além disso, seguindo as dicas apresentadas, o processo é otimizado e o retorno é ainda maior.

Por fim, lembre-se que a decisão entre reformar ou comprar algo já pronto para uso deve considerar os custos das duas opções e também os ganhos gerados pela primeira opção — como valorização do imóvel, agilidade de logística e redução de custos de manutenção. Além disso, tenha em mente que a primeira opção pode levar mais tempo e deve ser bem planejada.

Agora que você conhece os cuidados que devem ser tomados ao reformar um galpão industrial, acha que é o momento de fazer esse investimento? Que tal ter um parceiro nesse processo? Entre em contato com a Só Galpões, especialista no assunto, e comece já o seu projeto!