A evolução da gestão empresarial no Brasil forçou criação de soluções práticas para enfrentar problemas, especialmente sobre estocagem e distribuição de produtos, e assim surgiram os condomínios logísticos.

Um estudo da fundação Dom Cabral, analisou as despesas do setor logístico de 126 empresas brasileiras, descobrindo que os maiores custos logísticos estavam voltados para transporte e armazenagem. Dessa forma, áreas flexíveis passaram a ser buscadas para reduzir os gastos e otimizar o trabalho.

A ideia dos condomínios é essa: compartilhar locais estratégicos para a execução do serviço, minimizando problemas — como transporte e frete — e auxiliando o crescimento da empresa a um preço justo!

O condomínio logístico e suas vantagens

O foco de qualquer empreendedor que busca por essa tendência é único: desenvolver sua atividade de forma sólida, aproveitando a situação do mercado em benefício da atividade, crescendo e se expandindo.

Assim, um bom planejamento é fundamental para extrair as melhores vantagens dessa tendência atual.

Ratear gastos de manutenção

A busca por redução de custos faz parte do dia a dia de qualquer gestor. Optar por um condomínio logístico é uma prática que reduz — e muito — despesas de armazenagem e manutenção.

Imagine um grande galpão industrial capaz de atender as necessidades diversos empresários: o valor total pode ser dividido entre os interessados sem comprometer o objetivo final!

Localização

A localização é um dos pontos mais importantes quando se fala dessa tendência do mercado: o objetivo é encontrar um centro de distribuição em uma região flexível, capaz de facilitar o transporte e fretagem dos produtos.

A ideia é otimizar espaço de trabalho, concentrando o grande volume de mercadorias em um condomínio. Dessa forma, o fluxo de vendas aumenta, melhorando a rotatividade do estoque.

É fundamental citar que essa solução é responsável por cortar os maiores custos de logística analisados no país — transporte de longa distância e armazenagem.

Infraestrutura completa

A infraestrutura é fator determinante na hora de adotar pensar em condomínios logísticos. Eles, além de oferecerem espaços de apoio como restaurantes, vestiários, pátios de manobras e outros serviços de manutenção, ainda oferecem uma administração especializada para o negócio.

Assim, os seus funcionários terão todo o acompanhamento estrutural para realizar o trabalho da melhor maneira.

Segurança

Qualquer gestor que considere adotar essa prática deve estar ciente que a segurança patrimonial é um fator de suma importância, afinal, seus produtos serão armazenados fora das dependências no negócio.

Os condomínios logísticos foram criados com sistemas de segurança desenvolvidos para esse propósito: essa foi a forma de atrair clientes interessados em apostar nessa tendência! Por conta disso, além de ter sua carga protegida, o investimento particular com escoltas, vigia e monitoramento pode ser reduzido!

A tendência do mercado deve ser seguida

A constante evolução do mercado força gestores a desenvolverem técnicas para se destacar e manter o crescimento da empresa de forma estável, buscando e aplicando novas tendências — principalmente em logística!

É importante entender o próprio negócio e avaliar quando é necessário dar o novo passo para melhorar a prestação do serviço, seja com transporte, frete, vendas ou qualquer outra área.

E então, leitor? Aprendeu sobre a funcionalidade dos condomínios logísticos para impulsionar sua empresa? Considera adotar essa novidade? Aproveite para deixar nos comentários o que você achou!