Se você precisa alugar um galpão para abrir um negócio ou para suprir um crescimento da demanda de mercadorias armazenadas, saiba que o processo deve ser feito com cuidado e atenção para não haver arrependimentos. Afinal, não é todo galpão que vai servir, dependendo das suas necessidades.

Isso exige uma análise mais profunda de qual alugar, tendo como base para a escolha algumas informações para uma tomada de decisão mais consciente.

Veja agora o que levar em consideração na hora de alugar um galpão:

1. Pesquise a reputação da empresa de locação

O primeiro passo que você deve dar ao se interessar por algum galpão específico é verificar se a locadora é confiável. Para isso, você pode analisar alguns dados como:

  • Converse com clientes atuais e antigos para ter uma referência de quem já usa ou usou os serviços;
  • Pesquise reclamações feitas junto ao PROCON e também em sites como o Reclame Aqui;
  • Veja se o valor do aluguel está de acordo com a média do mercado.

Essas são algumas dicas. Você pode ir além e tentar descobrir mais, como analisar as cláusulas estabelecidas no contrato de locação com ajuda de um advogado.

2. Veja o acesso para carga e descarga

Dependendo das mercadorias que pretende armazenar ou dos serviços que pretende prestar, o trânsito de caminhões grandes pode ser necessário.

Isso demanda um local com vias mais largas, portões e teto com limites de altura mais altos e espaços suficientes, internamente e externamente, para que os veículos de grande porte realizem manobras de carga e descarga com maior facilidade.

3. Avalie as condições estruturais

Outra dica importante para você alugar um galpão ideal é ficar atento as condições estruturais oferecidas por ele. Dependendo do tipo de mercadoria que for armazenar ou serviço que for entregar o galpão pode precisar de algumas condições especiais.

Por exemplo, teto com ventilação e/ou entrada de luz solar, espaço reservado para ser utilizado como escritório, espaço adequado para recepcionar clientes, etc. Além disso, verifique a necessidade de pinturas, consertos de encanamentos e fiações da parte elétrica.

4. Atente-se para o espaço físico

Você sabe de quanto espaço precisa? Essa resposta pode ajudar a escolher rapidamente o galpão ideal. Para isso, considere realizar medições no local para ter certeza de que o espaço será suficiente.

Caso essa seja uma tarefa complicada, vá até o local ou envie um representante para imaginar o que ficará em cada posição dentro do galpão, bem como os espaços que precisam ficar livres para a locomoção de pessoas, veículos, equipamentos e mercadorias internamente. Assim terá uma noção se o espaço serve ou não.

5. Verifique a localização

Por último e não menos importante, esteja certo de que o galpão esteja em uma área livre, ou pelo menos, com baixo índice de violência e criminalidade. Isso será importante para garantir a segurança e a integridade física dos bens, profissionais, clientes e fornecedores que frequentarem o local. Caso isso não seja possível, será necessário investir em segurança.

Veja também se o local tem boa acessibilidade e ligação com vias importantes. Resolva os dois questionamentos de uma só vez visitando o local e reparando nas movimentações de pessoas ao redor.

Agora que você já sabe como alugar um galpão de forma inteligente, que tal usar uma ferramenta que facilitará ainda mais o processo? O Só Galpões é um site em que você encontra o espaço ideal que precisa sem grandes esforços e tudo online. Visite o site só galpões agora mesmo e surpreenda-se!

E você, como faz para encontrar um bom galpão para alugar? Comente abaixo suas dicas!