Com a alteração das necessidades e das especificações, é comum um imóvel ter que passar por mudanças. Ao longo das décadas, os galpões industriais, por exemplo, tiveram que se adequar a novas normas e obrigatoriedades.

Em geral, a solução que surge como o primeiro pensamento é a compra de um novo imóvel. No entanto, essa saída é geralmente mais cara e ainda aumenta o impacto no meio ambiente. Já o retrofit é um movimento que ajuda a resolver essas questões de uma forma prática.

Não sabe o que é retrofit? Não se preocupe! Neste post, trazemos tudo o que você precisa saber sobre o tema. Continue a leitura e descubra por que o investimento nessa ideia pode ser tão interessante!

O que é retrofit e como funciona?

O termo retrofit une duas palavras em inglês: retro, que faz referência a antigo, e fit, que pode significar adequar. Em tradução livre, trata-se de uma adaptação de um elemento preexistente. No caso do mercado imobiliário, o retrofit é um conjunto de ações e de modificações que atualizam um imóvel que já está pronto.

Apesar de ser uma confusão comum, não se trata de uma simples reforma. Na maioria das vezes, reformar visa mudar completamente a estrutura e a arquitetura. Já a restauração apenas retorna o imóvel ao seu estado original, como no caso de patrimônios históricos.

Por outro lado, o retrofit busca o melhor dos dois mundos. Ele atualiza a funcionalidade e readequa as instalações, mas sem ter que mexer profundamente no imóvel. As ações envolvidas não ocorrem apenas diretamente no imóvel, como nas paredes ou nos alicerces.

Elas também se relacionam ao nível de tecnologia que é adotado nos recursos utilizados. Muitas vezes, mudar os equipamentos empregados já faz diferença.

Por que a técnica é importante?

Depois de saber o que é retrofit, vale a pena pensar em sua relevância. Com o objetivo principal de adaptar os imóveis às novas necessidades, ele contribui para os diferentes setores da economia.

Além de poder ser usado em imóveis residenciais, é aplicado em ambientes comerciais de vários tipos. Estabelecimentos varejistas, escritórios e galpões podem ganhar um uso novo e adaptado às diferentes necessidades. Por ser uma abordagem muito vantajosa, tem obtido uma relevância crescente no Brasil e no mundo.

Por que escolher o retrofit?

Um dos grandes responsáveis pelo aumento da importância do retrofit é o seu conjunto de vantagens. Quando a técnica é aplicada corretamente, os imóveis apresentam novos benefícios para quem os utiliza.

Em vez de adquirir um imóvel novo, apostar na modernização por meio de tal abordagem traz as seguintes vantagens:

Reforma funcionalidades

Com o uso de técnicas específicas e personalizadas para cada imóvel, é possível torná-lo mais funcional para necessidades pontuais. Imagine um galpão industrial que servia como centro logístico. Se ele tem que ser transformado em um escritório, o retrofit é a melhor solução.

A estrutura será mantida e as modificações serão realizadas para criar um ambiente com as condições certas. Ao final, conseguir novos usos para o imóvel, de acordo com os interesses, tem tudo a ver com o que é retrofit.

Atualiza o espaço com as normas vigentes

Muitas vezes, as mudanças são necessárias não apenas por gostos ou escolhas. Também há atualizações nas normas vigentes que exigem a adaptação dos ambientes para que tudo seja cumprido.

A NR-12, por exemplo, trouxe modificações sobre os cuidados e a segurança com máquinas industriais. Se o ambiente precisa se adaptar a essas novas condições, o retrofit é a melhor saída. Inclusive, a versatilidade da técnica é bastante significativa.

Na medida em que ela não realiza apenas transformações físicas no espaço, é possível rearranjar o posicionamento e acrescentar elementos que garantirão a adequação às questões de segurança.

Reduz os custos operacionais

Utilizar um galpão industrial, muitas vezes, é necessário. Seja para armazenar máquinas, para a produção ou, até mesmo, para um escritório, o imóvel faz parte da cadeia produtiva de vários empreendimentos.

Ao mesmo tempo, são estruturas que envolvem custos operacionais. Se esses valores não forem controlados, a lucratividade e a continuidade do negócio podem ser comprometidas.

Após entender o que é retrofit, com as escolhas certas é possível reduzir os custos. Ao investir em modificações para obter a eficiência energética, por exemplo, há uma geração de economia na conta de luz. Da mesma forma, melhorar a climatização e outros aspectos diminui as despesas.

Pela adequação às normas, há ainda um ganho de eficiência e produtividade geral e uma redução dos riscos de sofrer com multas e punições.

Valoriza os espaços

Quando um ambiente passa por essa modificação, ele fica como novo. Mesmo que já tenha sido construído há algum tempo, o imóvel ganha um aspecto completamente renovado, atualizado e interessante.

Portanto, ao adotar a abordagem em seu imóvel, é possível torná-lo valorizado. Além de melhorar a experiência de uso e a adaptação às exigências, ele fica mais atraente que outros imóveis antigos e defasados. Para uma empresa ou indústria, isso significa um aumento no patrimônio e um fortalecimento dos ativos.

Amplia a sustentabilidade

Construir um imóvel do zero exige um investimento elevado. É preciso contratar mão de obra, adquirir materiais e realizar as etapas construtivas. Além do consumo dos recursos naturais, existe a geração de lixo. Como resultado, há um grande impacto no meio ambiente.

Com o retrofit, o problema é resolvido. Por se tratar de uma readequação de instalações, há um consumo menor de insumos. Desse modo, o imóvel ganha em sustentabilidade.

Para melhorar, as mudanças em relação às tecnologias e aos recursos também contribuem para esse efeito. Como mencionado, ter uma iluminação eficiente reduz o consumo de energia elétrica, por exemplo, o que oferece uma atuação verde para o ambiente.

Diminui o tempo necessário

Apesar de a construção ser o processo mais longo, a compra também pode demorar. Isso porque é preciso pesquisar e encontrar um novo imóvel, fazer a aquisição e lidar com toda a etapa burocrática.

Depois de comprar um galpão industrial, por exemplo, ainda será necessário realizar as adaptações e a mudança. Como consequência, há uma grande perda de tempo.

Por sua vez, um projeto de retrofit bem estruturado diminui o período exigido para a execução. Como o espaço é apenas atualizado, a conclusão acontece rapidamente e não há comprometimento da produtividade.

Entender o que é retrofit oferece uma nova possibilidade para imóveis diferentes. Com muitos benefícios de economia, de eficiência e de sustentabilidade, é uma tendência em alta e que deve ser observada com atenção.

Achou este post útil? Então, compartilhe-o nas suas redes sociais e deixe seus contatos por dentro do assunto!