O que é rateio de custos e por que utilizá-lo?

8 minutos para ler

Entender as despesas envolvidas nas suas operações é fundamental para garantir uma boa saúde financeira, e também criar planejamentos estratégicos mais eficientes. E o rateio de custos é uma excelente alternativa para a elaboração de orçamentos bem calculados. 

Desde as operações logísticas até as administrativas, essa estratégia pode ser aplicada em todos os departamentos de modo a entender mais à fundo o quanto o seu negócio gasta para funcionar. 

O que é rateio de custos?

O rateio de custos nada mais é do que uma divisão proporcional dos gastos com base nas informações financeiras fornecidas pelos setores da sua empresa. Ou seja, ele divide as despesas conforme a necessidade de cada departamento.

O grande objetivo desse tipo de estratégia é entender de forma detalhada as despesas do seu negócio, e se ele consegue mantê-las ou até mesmo reduzi-las. Dessa forma, além de melhorar as finanças da empresa, é possível obter outras vantagens, tais como: 

  • Informações precisas para a elaboração de planejamentos estratégicos;
  • Auxílio na tomada de decisões;
  • Otimização das operações;
  • Possibilidade de investimentos mais assertivos.

Quando o empreendedor realiza esse rateio, ele está basicamente entendendo mais a fundo as necessidades de cada departamento, e distribuindo de forma proporcional os recursos necessários.                                                                                                                                                                                                                                                           

Qual a importância de utilizar o rateio de custos no seu negócio? 

A relevância do rateio vai além de entender os gastos do seu negócio. Essa estratégia também importante para compreender mais a fundo se a sua empresa está sendo realmente rentável. 

Muitos empreendedores se deslumbram com grandes números de faturamento. Mas quando eles colocam os gastos na ponta do lápis, percebem que na verdade a margem de lucro é bem menor do que se imaginava. 

Além disso, esse tipo de estratégia também pode contribuir com outros aspectos do seu negócio, tais como:

  • Conhecer os resultados dos custos logísticos 

Através do rateio de custos é possível compreender os resultados das despesas que a sua empresa tem com questões logísticas. Desde trazer insumos até a operação, até as entregas para o cliente final.

Consequentemente a compreensão dessas despesas também contribui para um maior entendimento das demais operações. Afinal de contas, a parte logística acaba se conectando a grande maioria dos setores de uma empresa. 

  • Tenha análises mais completas

De maneira geral os setores de finanças e contabilidade acabam focando nas despesas gerais, mas sem levar em conta as particularidades de cada departamento da empresa. Muitas vezes o investimento em operações específicas, como as logísticas, acabam abrindo oportunidades para o negócio. 

Mas apenas através do rateio é que será possível ter essa visão mais ampla do seu empreendimento.

  • Entenda os custos de oportunidade 

Os custos de oportunidade não são levados em conta pela contabilidade, uma vez que não envolvem o gasto de dinheiro em si. No entanto, eles precisam ser considerados uma vez que representa as despesas de determinada operação. 

Por exemplo, os estoques de uma empresa representam custos para ela, mesmo aqueles já obtidos e contabilizados em galpões. Eles foram um investimento e o fato de estarem parados representa gastos. 

Logo, desconsiderar esse aspecto pode ser de grande prejuízo. Ao mesmo tempo esses custos de oportunidade podem gerar excelentes resultados quando se há um estudo de rotatividade, de despesas a curto, médio e longo prazo, planejamento de renovações, inserção de novos canais de distribuição e outros tipos de ações. 

Mas afinal de contas, o que deve ser rateado? 

De modo geral boa parte dos custos pode ser rateado. E quais irão passar por essa estratégia vai depender diretamente do seu tipo de negócio. 

Mas, na maioria das vezes são verificados:

  • Logísticos, como frotas, combustível para as frotas, espaços de armazenamento, estoque entre outros;
  • Salários, encargos trabalhistas e sociais;
  • Impostos, tributos e encargos;
  • Depreciação de imóveis, equipamentos, automóveis e utensílios;
  • Insumos para escritório ou para as linhas de produção;
  • Uniformes e refeições;
  • Luz, água, energia e internet. 
  • Terceirização de serviços entre outros. 

Claro que é necessário levar em conta outros custos que podem surgir com o tipo do seu negócio. Por exemplo, no caso de e-commerces é preciso levar em conta os gastos com embalagens. 

O ideal é, antes de fazer a análise, o empreendedor deve levantar os tipos de despesas de cada departamento. Com base nelas será possível decidir o tipo de rateio que será feito e como! 

Como melhorar o rateio de custos dentro da sua empresa?

O rateio de custos precisa ser constantemente realizado para melhorar as despesas do seu negócio. E uma das tendências para otimizar os recursos é justamente utilizar galpões dentro de condomínios/parques logísticos. 

Esses dois tipos de locais têm se tornado cada vez mais populares por conta de todos os seus diferenciais. Além de terem a estrutura necessária para a realização das operações logísticas, eles também facilitam o processo logístico em si, por ficarem localizados em regiões estratégicas. 

Mais uma das vantagens de utilizar os galpões é que você terá gastos rateados através de preços justos, e mantendo sempre a qualidade da estrutura para que você possa oferecer o melhor para o seu cliente. 

Conclusão 

O rateio de custos é uma das estratégias que podem auxiliar o seu negócio a ter uma visão estratégica mais competitiva, que permita a concretização de metas. Mas é fundamental que antes da realização desse tipo de prática você capacite os gestores bem como sua equipe.

Tenha em mente que são eles que estão à frente das operações, principalmente logísticas. Logo, eles precisam ter todo o conhecimento necessário para identificar as despesas da empresa, fazer a divisão proporcional e assim permitir que o seu negócio cresça e obtenha cada vez mais resultados. 

Além disso, é essencial sempre ficar atento às tendências do mercado. Afinal de contas, os investimentos em melhorias e otimização devem fazer parte do seu orçamento. 

Hoje a escolha um galpão pode ser determinante para otimizar as despesas do seu negócio, e ainda garantir mais competitividade no mercado. Por isso é fundamental ter uma equipe capacitada que possa ter esse olhar mais dedicado sobre a logística, e também sobre todas as operações. 

Quer receber os nossos conteúdos sempre em primeira mão? Então aproveite para assinar a nossa newsletter. 

Posts relacionados

Deixe um comentário

Receba nossos conteúdos em primeira mão