mercado imobiliário em alta mercado imobiliário em alta

Mercado imobiliário em alta, saiba por que!

4 minutos para ler

Apesar da crise ter afetado diversos setores econômicos, o Mercado Imobiliário de galpões  está em alta e com excelentes expectativas para os próximos meses. Além de taxas de juros mais baixas para quem quer financiar, o crescimento do e-commerce também tem contribuído para o fortalecimento do setor

Há um interesse geral no investimento de imóveis, principalmente pelas condições mercadológicas que se mostram favoráveis tanto para quem compra, vende ou aluga. 

Como o e-commerce tem afetado o Mercado Imobiliário?  

De acordo com especialistas, o e-commerce está passando por uma verdadeira transformação. Apesar de já estar em crescimento nos últimos anos, em 2020 o comércio online extrapolou qualquer expectativa. 

O Mercado Livre, por exemplo, bateu vários recordes esse ano. Ele alcançou o marco de 1,4 milhão de pedidos em um dia. Além disso, apenas entre os dias 9 e 16 de abril o marketplace teve um aumento de participação no comércio eletrônico da América Latina em 387%. 

Mas como isso interfere no mercado imobiliário de galpões

Basicamente, com mais empreendedores ingressando no comércio eletrônico e o aumento das vendas online, a procura por espaços de armazenagem também decolou.

O crescimento do e-commerce está estimulando diretamente a procura por galpões para distribuição. E não são apenas as gigantes como Amazon e Mercado Livre que estão expandindo, pequenos e médios empreendedores também estão apostando em galpões para centralizar as operações, otimizar a logística e reduzir custos. 

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Como o mercado deve se comportar nos próximos meses? 

Ao que tudo indica, o mercado imobiliário de galpões deve se manter em alta no pós-pandemia. No primeiro trimestre do ano, mesmo com a quarentena já iniciando no Brasil, o setor obteve um crescimento de 25% em relação a 2019.

As taxas de juros e condições de financiamento também estão mais favoráveis para quem deseja investir em espaços para armazenagem e distribuição. No entanto, no caso de quem deseja alugar e vender galpões logísticos, é necessário atenção a algumas tendências e demandas que precisam ser atendidas, tais como:

  • Tecnologias para otimizar a distribuição 

Nos próximos anos a tendência é que novas tecnologias ajudam a otimizar toda a questão logística. Desde a gestão de estoques de forma integrada (lojas físicas, e-commerce e marketplace) até as próprias entregas. 

Inovações como Inteligência Artificial, equipamentos de movimentação automatizados, monitoramento de transporte em tempo real entre outras já fazem parte do dia a dia de muitas empresas e devem se popularizar ainda mais. 

  • Locais estratégicos

Apesar das grandes capitais ainda estarem no topo da logística, cada vez mais as empresas procuram locais estratégicos para atender regiões mais afastadas, como Norte e Nordeste ou cidades de interior. 

O crescimento do e-commerce mostrou que ainda falta uma estrutura de distribuição que atenda de forma efetiva esses locais. 

  • Galpões em condomínios  

Tendência no segmento logístico, especialmente nos últimos anos, os galpões em condomínio oferecem uma estrutura completa para as operações de armazenagem e distribuição. Com pé-direito alto, docas para carga e descarga, segurança compartilhada e amplas áreas para manobras e estacionamento, seus galpões atendem aos clientes mais exigentes. Alguns desses empreendimentos também contam com uma vasta gama de serviços complementares como refeitórios, escritórios, espaços multiuso (co-working), apoio à motoristas, entre outros.

Quer ficar pode dentro de mais novidades e tendências do mercado imobiliário de galpões? Então não deixe de nos seguir no Instagram e Facebook

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe uma resposta