Pandemia de coronavírus e mercado de galpões logísticos: confira informações importantes!

6 minutos para ler

A pandemia de coronavírus pegou o mundo inteiro de surpresa e muitos segmentos estão sofrendo devido aos impactos financeiros causados pelas medidas de distanciamento social, que têm afetado significativamente o volume de vendas e o índice de consumo, pelo menos no que diz respeito ao comércio presencial.

Contudo, o mercado de galpões logísticos tem caminhado em direção oposta a essa complexa maré em que a economia mundial se encontra. Preparamos o artigo de hoje para que você confira as principais informações sobre o que está acontecendo no setor e entenda por que a locação de galpões para estoque tem se mantido tão estável. Continue lendo para saber mais sobre o assunto!

Como a pandemia de coronavírus impactou o mercado de galpões logísticos?

Embora a pandemia de coronavírus esteja afetando os mais diversos setores do mercado devido às medidas de segurança e distanciamento social, o segmento de locação de galpões destinados à logística corporativa tem se mostrado estável. Os investimentos na área se mantêm em alta.

Para que você tenha uma ideia, de acordo com dados extraídos de um estudo feito pela CRE Tools, plataforma de uma das empresas de pesquisa imobiliária de maior credibilidade no Brasil, o setor teve um aumento de 3,95% no número de novos galpões logísticos, comparando os dados pertinentes ao primeiro trimestre no período de 2018 a 2020.

A plataforma registrou cerca de 556 empreendimentos em 2018. Em 2020, o número saltou para 578, isto é, um aumento de 22 novos condomínios industriais em apenas três anos.

A tendência é que a procura por galpões continue em alta, visto que houve um crescimento exponencial nas vendas realizadas pela internet. Isso significa que o mercado precisa de ambientes para armazenamento de produtos comercializados por e-commerces, o que não é diferente para o setor de serviços.

Essas informações também podem ser notadas na quantidade de metros quadrados disponíveis. Havia mais de 5 milhões no primeiro trimestre de 2018. Esse número reduziu drasticamente no mesmo período em 2020, caindo para aproximadamente 4 milhões de m² vagos. Isso indica que cada vez mais empresas têm alugado galpões logísticos mesmo em meio ao complexo cenário econômico causado pela pandemia de coronavírus.

Aumento dos números no mercado de galpões logísticos

A pandemia de coronavírus alavancou o mercado de galpões logísticos, impulsionando seu crescimento. O setor tem se mostrado tão promissor que o próprio MercadoLivre passou a investir na área, ampliando seu site para oferecer produtos de supermercado e aumentar a quantidade de galpões destinados ao armazenamento de mercadorias em, pelo menos, quatro estados brasileiros.

De acordo com a coluna do Estadão, a principal empresa de compra e venda virtual do país já realizou transações com galpões logísticos nas cidades de Guarulhos, Juiz de Fora e Aracaju. Além disso, o MercadoLivre pretende discutir novas oportunidades de negócios em Viana e Contagem. A intenção é reduzir o tempo de frete e, dessa forma, aumentar as vendas mesmo no cenário causado pela pandemia do coronavírus.

Segundo as informações divulgadas pelo maior marketplace do Brasil, foi registrada uma alta de cerca de 72,6% no número de pedidos somente em abril em comparação com dados levantados no mesmo período em 2019. Foi apontado um crescimento no volume de vendas de eletrônicos, brinquedos e produtos de saúde.

A empresa pretende investir, ainda em 2020, mais R$ 4 bilhões e uma boa parte do valor será destinada à locação de galpões logísticos.

Por que a demanda cresceu tanto nos últimos meses?

Fatores como o distanciamento social e a manutenção dos hábitos de consumo em meio à pandemia de coronavírus têm gerado impactos em toda a forma como a sociedade moderna vive.

As compras em comércios eletrônicos, que antes eram praticadas por uma parcela específica de consumidores, mostraram-se como ótimas alternativas tanto para os clientes — que precisam suprir suas necessidades — como para as empresas, que necessitam do consumo ativo para se manterem no mercado.

A demanda por espaços de armazenamento, muito comum em empresas que realizam transações por meio da internet, cresceu significativamente por causa das mudanças no cenário econômico atual.

Em São Paulo, que é o maior centro de consumo do Brasil atualmente, a tendência é que o mercado de galpões logísticos cresça ainda mais em 2020. Para que você tenha uma noção, mais da metade da ocupação de espaços destinados às operações logísticas empresariais concentra-se nesse estado.

Se você está se perguntando qual é a relação entre o aumento das vendas pela internet e dos aluguéis de galpões logísticos, entre os fatores que podemos apontar, estão:

  • melhoria nos processos de distribuição de mercadorias;
  • otimização da gestão de estoque;
  • redução dos custos logísticos;
  • redução do tempo de entrega de produtos ao consumidor.

Também há outras questões importantes que estão diretamente ligadas a todas as etapas logísticas de comércios eletrônicos, desde a produção ou aquisição das mercadorias/insumos até o armazenamento e a distribuição aos pontos de venda ou endereços dos clientes.

Por que é importante contar com uma empresa de credibilidade no setor?

O crescimento do mercado de galpões logísticos é expressivo, como você pôde entender até aqui. Contudo, lidar com a locação desse tipo de imóvel exige muitos cuidados, visto que é um segmento com particularidades e questões diferentes daquelas do mercado imobiliário tradicional.

Contar com o suporte de uma empresa experiente e com alta credibilidade no setor é o melhor caminho para garantir o sucesso de suas operações logísticas e, é claro, a lucratividade do seu negócio mesmo em um cenário econômico delicado como o atual.

Como você pôde entender neste artigo, a pandemia de coronavírus tem causado impactos significativos nos mais variados setores. Porém, o mercado de galpões logísticos tem se mantido em alta por causa das mudanças nos hábitos de consumo devido ao distanciamento social, como o aumento das compras em comércios virtuais.

Este post sobre como o mercado de galpões logísticos foi afetado pela pandemia foi útil para você? Quer saber mais sobre como a Só Galpões pode ajudar o seu negócio mesmo em cenários financeiros complexos? Então, entre em contato conosco para conhecer nossas soluções!

Quer saber sobre o impacto do Coronavírus em números? Acesse aqui!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Receba nossos conteúdos em primeira mão