Last Mile: conheça essa etapa e seus impactos na sua empresa!

6 minutos para ler

Um dos principais desafios do e-commerce é garantir a entrega de seus pedidos dentro do prazo dado ao consumidor, garantindo sua satisfação ao mesmo tempo em que controla os custos dessa prática. Para isso, é importante conhecer o last mile e seu impacto na logística da empresa.

Caracterizado como a última etapa do processo de distribuição, o last mile tem importante impacto na qualidade do serviço de entrega da empresa, bem como no seu custo para o negócio.

Atualmente, existem práticas que podem ser tomadas para fazer sua otimização, garantindo mais eficiência na entrega de pedidos e a minimização do valor investido no processo.

Pensando nisso, apresentamos neste artigo as principais informações sobre o last mile, mostrando quais medidas podem ser adotadas para otimizar os resultados da logística de distribuição. Confira!

Afinal, o que é o last mile?

O termo “last mile” significa “última milha”, em tradução literal. No processo logístico, ele se refere à etapa final da entrega, ou seja, quando o pedido sai do último centro de distribuição para ser recebido pelo cliente — tanto B2B como B2C.

Essa parte do processo tem ganhado a atenção dos empreendedores e profissionais responsáveis pela área de logística dos negócios. Isso porque, devido a mudanças no mercado, ela tem se tornado cada vez mais custosa, sendo a etapa de maior investimento para as empresas.

Qual o impacto dessa etapa na operação logística?

Normalmente, o last mile diz respeito ao processo de entrega dentro de centros urbanos, onde a circulação de carga é restrita, ou em alguns casos, proibida. Por esse motivo, o custo para essa etapa tende a ser maior que o das demais.

Outro fator que contribui para o aumento do investimento para finalizar o processo de entrega é o valor de aluguel ou compra de imóveis logísticos dentro de centros urbanos, que costuma ser mais alto do que em regiões mais afastadas.

Esses dois fatores fazem com que a empresa tenha que buscar um local de forma assertiva, com bom custo-benefício e investir em diferentes formas de distribuição para otimizar sua operação. Assim, pode concluir o processo de entrega com o orçamento sob controle e dentro do prazo estipulado. Essas soluções são conhecidas como last mile.

Como minimizar os custos do last mile?

Para garantir uma operação logística eficiente e com custos minimizados até mesmo na etapa last mile, é importante adotar práticas de otimização. Abaixo, descrevemos melhor as principais delas. Veja!

Planejamento

O primeiro passo para evitar custos na logística de distribuição é garantir um planejamento eficiente do processo  desde o recebimento de itens da fábrica, sua alocação em centros de armazenamentos, expedição de pedidos e transporte até o local de entrega.

O ideal é ter um sistema de gestão para monitorar e automatizar as tarefas, evitando erros que possam comprometer a eficiência do processo. Alguns problemas comuns são, por exemplo, separação incorreta de itens, esquecimento de nota fiscal e perda de pedidos.

Investimento em tecnologia

Além do sistema de gestão, é indicado que outros processos sejam automatizados com o uso da tecnologia, principalmente dentro dos centros de distribuição e armazenamento.

Existem no mercado opções de robôs que fazem inventário de estoque, separam pedidos, emitem documentos e atualizam as informações no sistema de gestão de forma autônoma, sem contato humano.

Soluções mais simples para movimentação de itens, como esteiras e empilhadeiras automatizadas também contribuem para uma operação mais eficiente e otimizada.

Centros de distribuição externos

Outra prática indicada é a adoção de centros de distribuição nos arredores dos grandes ambientes urbanos  como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Esses locais tendem a apresentar restrições para a movimentação de veículos de carga, o que limita a entrega direta pela empresa.

Para otimizar o processo, o caminhão pode levar os pedidos até um ponto próximo ao centro urbano e de lá, outros métodos são usados para o last mile. Entre as possibilidades, estão as cargo bikes, crowdshipping e empresas terceirizadas.

Agendamento de entrega

O uso das soluções last mile só funcionam com um sistema eficiente de agendamento da entrega. Assim, o número de retorno de mercadorias é muito menor, uma vez que o cliente tende a estar presente para seu recebimento.

Além de reduzir o custo do retorno, a prática minimiza a ocorrência de roubos de pacotes, que normalmente resultam em mais gastos para a empresa, que precisa arcar com o prejuízo e fazer uma nova entrega ao consumidor.

Logística colaborativa

Por fim, uma outra maneira de minimizar os gastos da last mile é investir na logística colaborativa, ou seja, a criação de parcerias com outras empresas que precisam dos mesmos serviços logísticos que a sua — como galpões e distribuidoras. Assim, todas dividem os custos da operação.

Por que investir em galpões nos arredores de grandes centros urbanos?

Conforme indicado, uma das medidas que podem ser utilizadas para aprimorar o last mile é a adoção de um galpão no entorno de centros urbanos, facilitando a operação da empresa.

Para isso, é importante buscar por um galpão adequado, que atenda a todas as necessidades da operação. Existem diferentes opções no mercado, mas os galpões logísticos, com docas para carga e descarga e geralmente em condomínios, tendem a ser os mais procurados para essa finalidade.

 

Fica evidente que o last mile deve ser uma preocupação para os empreendedores do setor logístico, especialmente de e-commerce. Por isso, é importante se atentar às alternativas disponíveis no mercado visando garantir a eficiência das entregas dentro do orçamento do negócio.

Além das dicas de otimização, encontrar galpões logísticos de qualidade que tenham a estrutura e a localização ideal para a sua operação também é muito importante. Para isso, é indicado o contato com uma empresa especializada tanto no assunto quanto na região visada.

Em Minas Gerais, por exemplo, a Só Galpões atua desde 1980 como uma consultoria focada no aluguel e venda de galpões de todos os tipos. Seu trabalho é ajudar outros negócios a encontrar o melhor local para sua operação, considerando suas necessidades, orçamento e mercado.

Agora que você conhece a importância de minimizar os custos do last mile, acha que é o momento de encontrar a melhor solução em galpões para o seu negócio? Então, se sua empresa opera em Minas Gerais, entre em contato conosco da Só Galpões e comece seu projeto!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Receba nossos conteúdos em primeira mão