Infiltrações nos galpões: como resolver e prevenir

4 minutos para ler

Para quem aluga um galpão, ter um telhado com infiltração ou um vazamento água é um grande problema. Isso porque ele pode desencadear uma série de transtornos.

Ademais, no caso da empresa que está alugando o imóvel ou utilizando o espaço, essa situação pode gerar desde danos a mercadorias e equipamentos, até provocar acidentes de trabalho. Semelhante para quem é proprietário de um galpão, ter infiltrações de caráter estrutural pode desencadear altas despesas e até mesmo problemas judiciais se a questão não for resolvida e prejudicar o inquilino. 

Além disso, existem vários outros problemas que esse tipo de situação pode causar, tais como: 

  • Danos estruturais (ex: oxidação de estruturas metálicas);
  • Manchas e bolhas na pintura;
  • Mofo e fungos;
  • Riscos de curto circuito caso a água entre em contato com rede elétrica;
  • Rachaduras, entre outros. 

Por isso é importante resolver esse tipo de situação o quanto antes. 

Como resolver a questão de telhados com infiltração de água

A primeira coisa a se fazer é verificar o que está gerando o problema de vazamento no telhado. Entretanto alguns dos fatores mais comuns estão: 

  • Falta de calhas e rufos;
  • Inclinação inadequada;
  • Telhas sobrepostas ou mal encaixadas;
  • Telhas quebradas ou furadas;
  • Falta de manutenção preventiva e limpeza;
  • Entupimento de calhas, rufos e dutos;
  • Vedação de parafusos desgastada;
  • Tubulação para escoamento de água subdimensionada;
  • O material da telha absorve a água da chuva.

Após a identificação será mais fácil saber qual a melhor alternativa para o problema. Por exemplo, se o problema é a falta de calhas, será necessário instalar a estrutura para evitar mais problemas, especialmente na época das chuvas. 

Todavia, se o local já possui calhas mas elas estão entupidas, será necessário contratar um profissional de limpeza de calhas para resolver o problema. 

Antes de mais nada, a falta de limpeza das calhas é uma das principais causas de vazamentos no interior de galpões, pois quando há um grande volume de chuvas, as calhas transbordam formando verdadeiras “cachoeiras” no interior dos imóveis.

A importância da manutenção preventiva 

A melhor alternativa para evitar o problema de telhado infiltrando água é realizar a manutenção preventiva periodicamente. Através dela é possível garantir que a estrutura esteja sempre em condições de absorver as intempéries. 

Além disso, atuar de forma preventiva também ajudará você a identificar quaisquer problemas quando eles ainda estão no início, evitando assim que eles se tornem mais graves e gerem prejuízos maiores. 

Mas atenção: Não espere o período de chuvas chegar para fazer a limpeza e manutenção das telhas e demais estruturas do galpão, pois eventuais reparos só poderão ser realizados quando o telhado estiver seco!

Afinal de contas, a estiagem possibilita consertos maiores, como troca de telhas, substituição de madeiras e estruturas de sustentação, instalação de calhas, rufos, entre outros. 

Entre os cuidados básicos da manutenção preventiva que devem ser feitos não apenas nesse período, mas ao longo do ano todo estão:

  • Limpeza de calhas 

É comum que as calhas acumulem resíduos, principalmente se o galpão possui áreas arborizadas próximas. Logo, o ideal é que a limpeza de calhas seja feita periodicamente para que seja possível retirar folhas e outros detritos, evitando o entupimento.

  • Produtos de impermeabilização 

A aplicação de produtos de impermeabilização, como as mantas asfálticas e silicones, também é essencial, principalmente se a sua região tem períodos de alto volume de chuvas. Eles ajudarão a aumentar a vida útil do telhado.

  • Verificação de telhas 

Todavia, outro cuidado preventivo básico é verificar as telhas, principalmente após períodos de tempestades e vendavais. Por isso, é comum que haja a quebra ou até mesmo deslocamento depois de chuvas fortes com vento. 

Então, não deixe de tomar esses e outros cuidados preventivos para ter mais tranquilidade,  evitar dores de cabeça e prejuízos. 

Gostou das dicas? Quer receber nossos conteúdos sempre em primeira mão? Então não deixe de assinar nossa newsletter. 

Posts relacionados

Deixe um comentário

Receba nossos conteúdos em primeira mão