A obrigação de se ter operações muito mais eficientes e rápidas nos processos logísticos, e o surgimento de novas tecnologias, fizeram com que estratégias imobiliárias, que antes ficavam em segundo plano, fossem alçadas para o primeiro escalão no nível de importância. Entre essas, temos: a obtenção dos condomínios de galpões.

Essa importante estratégia logística trouxe diversas vantagens para os administradores que ganharam mais opções para determinar a sua estratégia de distribuição e estocagem de mercadorias e garantir o crescimento da empresa.

Mas, os condomínios de galpões são mais eficientes que os galpões de rua? Neste artigo vamos ver a diferença e as vantagens e desvantagens de cada estratégia. Confira!

Condomínios de galpões

Condomínios de galpões são estruturas enormes divididas em módulos, que são compartilhados com várias empresas de forma independente. Este é um modelo de negócio padrão nos EUA e Europa e já está consolidado no Brasil.

Milhares de empresas já estão utilizando essa estratégia, em alguns casos até migrando de galpões de rua. Muitos afirmam que esta estratégia ajudou na resolução de vários problemas.

Galpões de rua

Galpões de rua geralmente são os grandes armazéns que as empresas constroem ou alugam para estocar seus produtos e ajudar na distribuição. Na maioria dos casos, os galpões são individuais.

Essa era a principal forma utilizada pelas empresas até pouco tempo. Muitas não abrem mão de ter o seu espaço exclusivo, com todas as obrigações estando sob o seu controle.

Vantagens e desvantagens do condomínio de galpões

Não é à toa que os condomínios de galpões têm ganhado cada vez mais espaço. Veja abaixo as suas principais vantagens:

Vantagens

  • localização estratégica;

  • tempo de implantação reduzido;

  • baixo investimento (não precisa comprar terreno e construir);

  • facilidade de expansão;

  • equipamentos modernos;

  • áreas para treinamentos;

  • refeitório;

  • custos de áreas comuns compartilhados;

  • sistema de segurança etc.

Desvantagens

Mas nem tudo são flores. Existem também algumas desvantagens como:

  • falta de exclusividade;

  • pode trabalhar ao lado de concorrentes;

  • nem sempre terá disponibilidade das datas para atividades em áreas comuns;

  • pode haver restrições para realizar adequações na estrutura;

  • vagas de estacionamento reduzidas;

  • limitações de acesso em horários e dias dependendo do condomínio.

Vantagens e desvantagens dos galpões de rua

Assim como os condomínios, os galpões também tem o seu lado bom e ruim. Analise cada um deles e escolha o que melhor atende as suas necessidades.

Vantagens

Entre as principais vantagens de se ter um galpão de rua podemos citar:

  • exclusividade;

  • poder fazer todas as mudanças que achar necessário;

  • total independência para usar as áreas;

  • geralmente possui mais vagas de estacionamento;

  • total controle sobre as regras de acesso e horários etc.

Desvantagens

Quando falamos de desvantagens temos como principais pontos:

  • alto investimento inicial;

  • tempo de implantação maior;

  • limitação para expansão;

  • localização menos privilegiada;

  • arca sozinho com todos os custos;

  • não tem flexibilidade para reduzir caso o mercado desaqueça, entre outros.

Escolher entre condomínio de galpões ou galpões de rua exige uma série de estudos de viabilidade e estratégia adotada pela empresa. Mas, se você quer ter velocidade na implantação, baixo investimento, custos compartilhados e flexibilidade para expandir, certamente a melhor opção é contar com condomínios logísticos.

Gostou do artigo? Quer obter novos conteúdos em primeira mão? Assine a nossa newsletter e fique ainda mais atualizado.