Descrição do imóvel: saiba o que considerar para vendê-lo ou alugá-lo mais rápido

6 minutos para ler

Não é nenhuma novidade que o mercado imobiliário é um segmento altamente competitivo e, para conseguir a atenção de clientes em potencial em meio a tanta concorrência, é preciso investir em estratégias eficientes para apresentar os diferenciais da sua proposta. Dito isso, uma descrição do imóvel, apresentando as suas principais características de forma clara e objetiva, pode trazer melhores resultados.

Portanto, elaboramos este conteúdo para que você conheça as principais considerações a serem feitas na hora de criar uma descrição de galpão capaz de potencializar as suas chances de vendê-lo ou alugá-lo mais rápido. Continue a leitura do post para saber mais!

Saiba como apresentar o galpão

Uma boa descrição de imóvel deve despertar o interesse das pessoas de forma clara, simples e objetiva. Isto é, a oportunidade deve ser bem apresentada, valorizando os seus pontos fortes e os diferenciais que impactam o seu valor. Para isso, é preciso levar em consideração dois pontos importantes:

  • principais características do galpão — metragem do imóvel, localização, vizinhança, reformas que tenham sido realizadas recentemente, características únicas (proximidade a algum local que o valorize, por exemplo) etc.;
  • descrição do imóvel atraente e inspiradora — um texto bem escrito e que foque os diferenciais da propriedade pode fazer com que ela se destaque em meio aos anúncios de concorrentes e influencie a decisão do cliente potencial.

Tire fotos profissionais

As fotos são um dos elementos mais importantes para promover produtos de qualquer segmento do mercado, já que o consumidor é atraído pelo visual. Sendo assim, como diz a máxima, “uma imagem vale mais do que mil palavras”. Logo, uma boa descrição do imóvel precisa, entre outras coisas, ter imagens muito bem elaboradas.

Mantenha o galpão sempre limpo e organizado

Essa é uma questão de lógica, pois se a propriedade está disponível para venda ou aluguel, o fato é que clientes potenciais surgirão a qualquer momento para visitar o imóvel a fim de conhecê-lo melhor.

É claro que é importante mantê-lo limpo e organizado para tirar boas fotos, mas também é preciso lembrar que ele sempre deve estar apresentável para pessoas que possam vir a se interessar pela oportunidade de negócio.

Tire fotos na posição horizontal

Para que sejam mais bem visualizadas e para que a maior quantidade possível de área do imóvel seja abrangida na imagem, é imprescindível que as fotos sejam tiradas sempre na posição horizontal, isto é, no modo “paisagem”.

Quando as fotos são tiradas na posição vertical, o campo de visão do ambiente é significativamente limitado, tanto no momento de capturar a imagem quanto na hora de postá-la em sua página ou em um portal imobiliário. Isso porque a plataforma pode reduzir ainda mais o tamanho para adaptar a imagem às limitações de espaço.

Priorize a alta resolução das imagens

Sempre tire as fotos do galpão com a melhor qualidade possível de sua câmera ou smartphone, pois, além de evitar que as imagens acabem se distorcendo quando upadas nas plataformas digitais, quanto mais profissionalismo houver, maiores serão as chances de despertar o interesse de possíveis compradores.

Atente à iluminação

A iluminação é um dos aspectos mais importantes a serem considerados em fotografias de imóveis. Ambientes escuros não só trazem um tom negativo ao anúncio, mas também ocultam detalhes característicos que poderiam ser explorados em benefício da propriedade.

Outro ponto importante é o fato de que a fotografia necessita de luz para que tenha mais qualidade. Quanto mais bem iluminado for o ambiente, mais resolução de imagem você terá. Para isso, tire fotos do imóvel durante o dia para aproveitar a iluminação natural em vez de usar o flash.

Prefira usar uma câmera a um celular

É fato que os smartphones modernos têm recursos fotográficos muito superiores a grande parte das câmeras de alguns anos atrás. Contudo, ainda assim, esses dispositivos não foram desenvolvidos apenas para essa função e, portanto, não têm os mesmos recursos que uma boa câmera pode oferecer. Por exemplo, uma câmera profissional ou semiprofissional permite que você a configure para tirar fotos incríveis até mesmo em ambientes com pouca iluminação.

Vale lembrar que, se você for utilizar a câmera apenas uma vez (caso não atue no setor imobiliário), não é preciso investir na compra de um equipamento profissional, pois, hoje em dia, não é difícil encontrar câmeras para alugar.

Aposte em um título chamativo

O título deve ser um resumo que abranja todo o potencial do imóvel, pois ele é um dos primeiros elementos com os quais os possíveis compradores terão contato quando virem a sua oportunidade de negócio disponibilizada em uma plataforma imobiliária ou em sua página.

Dito isso, faça uma descrição do imóvel resumida e com poder suficiente para chamar a atenção dos clientes. Pesquise bastante sobre anúncios de propriedades com características semelhantes àquelas de seu imóvel para ter um referencial e entender o que precisa ser feito para se destacar em meio à multidão.

Evite fazer algo muito simplista, como o tradicional anúncio “vende-se galpão”. Não é preciso pesquisar muito para se deparar com milhares de classificados de imóveis abarrotados com essa descrição. Sendo assim, pense no que despertaria a atenção de alguém que se interessaria pelo seu imóvel.

Organize a galeria de acordo com a ordem da visita

Por fim, mas não menos importante, coloque-se no lugar de quem visitará o anúncio de seu galpão e disponibilize as imagens seguindo a ordem como se a pessoa estivesse visitando presencialmente o imóvel, ou seja, comece pela fachada e, depois, vá ordenando por cômodo até que toda a propriedade seja apresentada.

Como você pôde conferir neste conteúdo, uma boa descrição do imóvel é capaz de promover a oportunidade e agilizar a sua venda ou locação. Por isso, é muito importante se colocar no lugar das pessoas que a visualizarão e apostar em uma linguagem simples e objetiva, além de mencionar as características que o diferenciem e, é claro, tirar fotos de qualidade e que valorizem a oportunidade de negócio.

As informações abordadas neste conteúdo sobre como elaborar descrições de imóvel para vender mais foram úteis para você? Então, talvez você também se interesse por nosso post sobre os 7 cuidados a serem tomados na hora de alugar um galpão industrial!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Receba nossos conteúdos em primeira mão