fbpx

Como é a aplicação da Inteligência Artificial na logística?

9 minutos para ler

Inteligência Artificial é um conceito muito popular hoje em dia. Refere-se ao potencial que uma máquina tem de replicar ações e pensamentos humanos, bem como raciocinar por conta própria, tomar decisões e encontrar soluções para diferentes problemas.

A IA destaca-se por sua autonomia em relação a uma máquina simplesmente programada para executar determinadas funções.

Quando aliado a outros conceitos, como Machine Learning (ML, Aprendizagem da Máquina), Internet das Coisas (IoT), Big Data e Computação na Nuvem (Cloud Computing), a IA oferece múltiplas possibilidades.

No campo logístico, a IA acompanha as tendências da Indústria 4.0, que representa inovação no segmento industrial e de empresas em geral, envolvendo mudanças principalmente tecnológicas.

Que tal saber mais a respeito? Veja como funciona a Inteligência Artificial na logística!

A logística na Indústria 4.0

Para dominar o mercado, é necessário aproveitar a tecnologia moderna a fim de otimizar os processos de produção. A consolidação de novos métodos acelera e aumenta a qualidade dos processos logísticos mais simples.

A logística 4.0 oferece muitas inovações que não foram ainda absorvidas totalmente. Em primeiro lugar, vale falar do que é Indústria 4.0, a Quarta Revolução Industrial. Essa expressão popularizou-se com a finalidade de introduzir nas fábricas a automação integral, com sistemas capacitados para efetuar os próprios diagnósticos, configurações e melhoramentos.

A aplicação da nova tecnologia na logística

Tudo está fundamentado na tecnologia avançada representada pela IA, Big Data, Computação na Nuvem, IoT e outras ferramentas que procuram integrar em redes inteligentes a Supply Chain (Cadeia de Suprimentos).

O setor industrial fica mais enxuto e eficiente, produzindo com mais rapidez apenas o que é preciso para ser comercializado.

A Logística 4.0 é um desenvolvimento da logística convencional, resultante da necessidade de investimentos mais altos em tecnologia para garantir que processos como armazenagem e distribuição evoluam juntos e expandam a fração do mercado dominada pela indústria (Market Share).

O exemplo do uso do blockchain

Os blockchains, por exemplo, podem ser usados para solucionar problemas de transporte e de outras naturezas. A rastreabilidade da carga pode sofrer com a ausência de uma visibilidade integrada.

O blockchain tem o potencial de integrar os sistemas de transportadoras, seguradoras, gestoras de risco, gestoras logísticas, caminhão, cargas e clientes em uma rede comercial compartilhada e a custos menores. Todos que integram o sistema poderão enviar informações relacionadas à carga de forma integrada.

Enfim, o blockchain é uma plataforma que integra sistemas e empresas utilizando regras e políticas de forma automatizada, assegurando a imutabilidade da informação e a efetivação de contratos inteligentes.

Isso porque ele é um banco de dados criptografados em que ficam armazenadas as informações relacionadas às operações efetuadas (financeiras, transporte, armazenagem). Todos os integrantes da Supply Chain têm acesso a ele, mas a criptografia garante a segurança do sistema.

A Inteligência Artificial na logística

Não apenas indústrias, mas transportadoras e empresas distribuidoras também procuram investir na IA para solucionar problemas do dia a dia, como assalto a cargas, muita burocracia e falta de infraestrutura.

A tecnologia consiste na utilização de softwares inteligentes que compreendem os problemas corporativos e oferecem soluções fundamentadas em dados que a empresa disponibiliza diariamente.

Big Data e logística

O Big Data, por exemplo, coleta um enorme volume de dados, mas é necessário um software que filtre as informações e compreenda parâmetros, para recomendar ações e propor soluções a partir delas. Daí, usarem sistemas integrados de Big Data, Business Intelligence, Data Science e outras ferramentas.

Assistentes pessoais e logística

Vale falar dos assistentes pessoais dos smartphones, que trabalham em sistemas operacionais como iOS (Siri) e Android (Google Assistant). O Google Assistant e a Siri são robôs desenvolvidos para monitorar o modo como o celular é utilizado, ajustando automaticamente as configurações conforme o que é geralmente escolhido pelo usuário.

Quando usada na logística, essa tecnologia oferece soluções que não seriam perceptíveis sem o potencial de processamento do software. Há diferentes variáveis no âmbito logístico, que variam desde o tráfego de veículos até as decisões políticas sobre o reajuste do combustível.

Deep Learning e logística

Os softwares de Inteligência Artificial, como Deep Learning, permitem as melhores escolhas, tais como os assistentes pessoais da iOS e do Android, porque analisam o histórico da empresa e as formas mais eficazes como problemas semelhantes vêm sendo solucionados em operações anteriores.

O Deep Learning (Aprendizagem Profunda) atua de modo semelhante à Machine Learning, mas suas bases permitem uma avaliação que vai além da análise feita pelos algoritmos fundamentados na ML.

Um software de DL aprende e reconhece padrões. Ele implementa uma série de redes neurais virtuais que procuram padrões e tomam decisões considerando o contexto em que a ferramenta está atuando. Isso é feito com muita precisão e um elevado nível de processamento e escalabilidade.

A logística 4.0 representa um grande auxílio na visualização e aplicação de informações que a empresa já tem, mas que não são fáceis de visualizar por causa do volume de dados.

Em relação ao transporte especificamente, pode-se falar no serviço de fingerprinting, que utiliza algoritmos de Aprendizagem de Máquina para definir com precisão qual motorista está guiando o veículo naquele momento, somente analisando o modo de condução.

As vantagens da aplicação da Inteligência Artificial na logística

Considere a seguir as muitas vantagens que a IA empregada nos processos logísticos oferece.

Redução de falhas

A IA foi planejada para replicar a capacidade humana de raciocinar, isto é, de fazer a análise de dados e, a partir dessa avaliação, encontrar soluções adequadas.

Além de atuar com uma quantidade de dados maior, os softwares de Inteligência Artificial são rápidos e precisos, reduzindo a probabilidade de falhas na realização das atividades e de erros no cálculo.

Eles também podem prever e evitar erros, o que faz deles um investimento valioso já que geram economia de dinheiro e de tempo, sem a necessidade de retrabalhos, nem de remediar situações que causaram prejuízos.

Aumento da produtividade

Implementar a Inteligência Artificial na logística contribui para aumentar a produtividade devido a diferentes fatores. A automação permite identificar pequenas falhas que logo serão corrigidas e novas medidas serão definidas para eliminar futuros problemas.

A capacidade que essa tecnologia apresenta para ler, interpretar dados e concluir com acerto favorece a produção padronizada e escalável conforme as metas determinadas pela gestão da empresa. Dessa forma, há um respaldo confiável para planejar ações e para a tomada de decisões.

O acesso remoto também é outra característica da IA que permite que o gestor tenha controle completo sobre as operações mesmo que esteja em outro local, que não a própria organização.

Redução dos custos

As tarefas logísticas otimizadas refletem positivamente na economia, reduzindo gastos. A produção é cada vez maior, a custos menores.

Do mesmo modo que é possível tornar o orçamento do ciclo de produção mais enxuto, a Inteligência Artificial também é usada para economizar nas atividades logísticas, melhorando:

  • o planejamento das melhores rotas para as operações de entrega das mercadorias;

  • a preparação dos produtos para a expedição;

  • a alocação de cargas em armazéns;

  • a distribuição das mercadorias no prazo combinado com o cliente, o que representa pontualidade da empresa e pontos favoráveis em seu relacionamento com o cliente.

Os sistemas de IA desenvolvem diferentes estratégias que reduzem gastos e representam ganhos no trabalho operacional.

Melhoria nos processos de armazenagem

Os processos de armazenagem, controle de estoque e inventário também são melhorados quando se faz uso da Inteligência Artificial na logística. Os softwares inteligentes têm capacidade de customizar tarefas conforme as necessidades pessoais do negócio e respeitando as operações relacionadas a cada cliente.

Boa parte das empresas trabalham hoje com estoques reduzidos para não ter tantos desperdícios nem ficar com uma grande quantidade de capital de giro imobilizado. Os algoritmos dos softwares inteligentes efetuam cálculos detalhados e exatos para definir o total ideal para cada material estocado de acordo com sua demanda.

Otimização da fiscalização em postos fiscais

A IA também é utilizada nos sistemas de fiscalização tributária e aduaneira, resultando em maior velocidade e exatidão em processos burocráticos, beneficiando as empresas que trabalham no país.

O diferencial competitivo

Diante das vantagens oferecidas pela Inteligência Artificial na logística, a empresa destaca-se no mercado em que atua, aumentando seu potencial de competitividade à medida que produz mais e com melhor qualidade e satisfaz a maior parte de seus clientes.

É verdade que, gradualmente e em longo prazo, a IA será uma ferramenta comum nos processos logísticos de todas as empresas, mas atualmente seu uso ainda não se generalizou.

Mesmo considerando um investimento inicial mais alto, que será vantajoso para o ciclo produtivo, qualquer empresa que decida atualmente empregar a Inteligência Artificial nos processos logísticos certamente contará com um diferencial competitivo relevante, que se traduz em:

  • maior economia;

  • maior produtividade;

  • melhoria no relacionamento com o cliente;

  • potencial para crescimento e maiores lucros.

Investir em Inteligência Artificial na logística é uma ação proativa que o gestor deve considerar como fundamental na elaboração do planejamento estratégico.

O que achou do artigo? Considera a IA realmente essencial à nova revolução industrial? Ainda sente dúvidas a respeito da indústria 4.0? Então, aproveite e veja 3 benefícios que a logística 4.0 pode trazer para o seu negócio.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Share This