fbpx

Como construir um galpão? Veja 6 dicas!

6 minutos para ler

Em um ambiente cada vez mais competitivo, empresas de todos os tamanhos e segmentos precisam buscar por formas de otimizar sua gestão, principalmente em momentos de investimento  como obras e construções. Nesta situação, é importante saber como construir um galpão.

Esse investimento é uma prática muito comum no mercado, uma vez que facilita a logística do negócio, promovendo diversos benefícios para a empresa. Entre eles, a otimização de entregas e manejamento de produtos, a minimização de perdas e redução de custos​

Entretanto, para que os benefícios sejam aproveitados, é necessário saber como fazer sua construção. Apesar de existirem opções simples e normalmente ser de fácil utilização, existem passos que devem ser cumpridos para o sucesso desse investimento.

Pensando nisso, colocamos abaixo 6 dicas de como construir um galpão, garantindo que esse processo seja feito com mais eficiência no seu negócio. Confira!

1. Verifique o código de obras local

O primeiro passo para o sucesso de qualquer investimento é realizar um planejamento eficiente. Isso não é diferente no processo de construção de um galpão, portanto, é preciso ter uma estratégia clara do que deve ser feito nesta construção.

Para isso, é necessário realizar um estudo do mercado, avaliando o código de obras local, ou seja, normas e regras que devem ser respeitadas no projeto. Isso garante que as permissões necessárias sejam concedidas sem problemas.

Essas exigências também ajudam no estudo de viabilidade do projeto, uma vez que impactam em seu design, cronograma de obra e, principalmente, seus custos quanto mais regras e normas, maior o valor de investimento, assim como o tempo para planejar e executar a construção.

2. Defina o tamanho e design corretos

O próximo passo do planejamento é definir as necessidades da empresa para o galpão, ou seja, o objetivo para o qual ele está sendo construído. Neste sentido, é preciso definir se ele vai ser utilizado como um local de armazenamento de produtos, centro de distribuição ou outro propósito.

Com base nas informações levantadas, a empresa deve definir a melhor estrutura para a construção, o tamanho ideal, o design, as dimensões e a organização de ambientes. Todos esses fatores contribuem para a escolha do galpão, bem como do cronograma de implementação e do custo de investimento.

Uma dica importante nesta etapa é garantir que o design e a organização do espaço sejam planejados com a melhor otimização possível. Essa prática é necessária para que o funcionamento do local atinja seu objetivo de forma eficiente e o retorno sobre o investimento seja positivo.

3. Decida sobre a localização ideal

Ao avaliar o mercado, é necessário escolher o local exato da construção. A seleção deve atender os requisitos de tamanho da propriedade e as características definidas anteriormente, bem como o impacto que elas apresentam sobre os planos da empresa — como tempo limite para entrega, custos e alcance de objetos.

Para que seja feito de forma eficiente, esse processo também deve levar em conta fatores como as permissões e os alvarás necessários, o próprio código de obras local, o nível de segurança da região e outros elementos que impactam no custo do projeto e na sua manutenção no longo prazo.

Para centros de distribuição, por exemplo, o ideal é que a localização seja estratégica, próxima da fábrica de produção ou dentro da região de atendimento da empresa, garantindo que os produtos sejam recebidos e entregues com mais facilidade e com custo reduzido.

Além disso, em casos de expansão de unidades, é importante considerar a saturação do mercado, avaliando o número de concorrentes na região, bem como o tamanho do público-alvo presente. Identificar oportunidades e ameaças também é importante neste processo.​

4. Encontre fornecedores de confiança

Depois de finalizar o planejamento do projeto, é preciso encontrar os fornecedores adequados para fazer sua implementação. O ideal é que o processo de escolha considere fatores como qualidade dos serviços prestados, condições de contrato e preço. 

Para avaliar esses elementos, a empresa pode entrar em contato com as opções encontradas e solicitar propostas detalhadas de serviço. Após sua avaliação, é possível negociar o contrato e fechar uma parceria que representa melhor o custo-benefício para o investimento.

Além disso, é fundamental procurar referências sobre a qualidade dos fornecedores. Para isso, é possível pedir recomendações para clientes e empresas que já usaram os serviços das opções ou levantar dados online — por meio de páginas de avaliação, por exemplo.

5. Conte com o apoio de profissionais qualificados

Depois de contratar fornecedores de qualidade, é importante garantir que todos os profissionais envolvidos no desenvolvimento da obra estejam preparados e sejam qualificados para suas funções, garantindo que tudo seja feito com qualidade.

Formar uma equipe de excelência também assegura mais segurança na obra e otimização das etapas, uma vez que estes profissionais fazem seu monitoramento, mantendo a execução de forma prática, eficiente e de acordo com o planejamento feito. 

Uma dica para garantir a produtividade do trabalho é utilizar indicadores de resultado, avaliando o desempenho de cada profissional e do projeto como um todo. Essa atividade também ajuda a acompanhar o desenvolvimento da obra e identificar possíveis problemas, como atrasos, que comprometem seu sucesso.

6. Avalie a finalização do projeto

Por fim, é importante acompanhar a instalação e a finalização do projeto, fazendo uma avaliação dos resultados da obra do galpão. Neste momento, é necessário avaliar a produção de relatórios e a coleta de informações obrigatórias para a construção civil — como o Livro de Ordem.

Além disso, durante o planejamento do galpão, é importante considerar itens como prateleiras e outras ferramentas necessárias para o uso do ambiente, facilitando as atividades realizadas no local. Assim, essa atividade também deve ser avaliada e feita com eficiência.

Fica evidente que o uso de galpões é uma prática muito interessante para qualquer empresa que está considerando investir numa construção para seu negócio. Por isso, é importante saber como realizar o processo de forma correta, aproveitando os benefícios dessa opção.

As informações apresentadas mostram o que não se pode esquecer ao elaborar e implementar um projeto de construção na empresa. Assim, siga nossas dicas e garanta os melhores resultados para esse investimento.

Agora que você já sabe como construir um galpão pré-moldado, confira quais são as demais tendências de galpões logísticos do mercado e entenda mais sobre esse assunto!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Share This