Usar galpões é uma excelente medida para ampliar o espaço útil da empresa, seja para armazenamento, produção ou até para eventos. Porém, é muito comum que o lugar receba incidência direta do sol e, com isso, sofra com o calor. Para torná-lo confortável, é indispensável recorrer à climatização de galpão.

Ao utilizar os equipamentos adequados, é possível diminuir a temperatura percebida, ampliar o conforto e melhorar a utilização. Como cada projeto tem suas necessidades, vale conhecer as várias opções.

Por isso, continue lendo o post e saiba mais sobre 5 equipamentos que podem ajudar na climatização de galpão!

1. Ventiladores de alta potência

Os ventiladores industriais funcionam como os comuns, que são empregados em unidades domésticas. Por meio de hélices, há uma circulação intensa do ar, o que faz com que a sensação térmica seja um pouco menor.

O principal resultado é que o ar não fica parado e não gera ilhas de calor em certos pontos. Com isso, passa a haver maior conforto térmico e, principalmente, melhor uniformidade e homogeneização da temperatura. O gradiente de calor, portanto, fica mais bem distribuído, tornando o ambiente agradável.

Por ser de alta potência e voltado para a aplicação industrial, a movimentação do ar é bem grande, exigindo um número condizente com a área que precisa de atenção. Ele também é uma das opções mais baratas, sendo perfeito para galpões menores ou que não exijam uma redução tão grande na temperatura.

Por outro lado, é preciso observar que essa opção não renova o ar e nem diminui intensamente a sensação de calor. Dessa forma, não é a melhor escolha quando o objetivo é diminuir consideravelmente a temperatura ou quando o ar precisa se manter renovado.

2. Ares-condicionados industriais

Um ar-condicionado baseia-se em um mecanismo simples: ele é alimentado pelo ar externo, que está quente, e passa por um processo de compressão e condensação, gerando resfriamento. Para tanto, o ar é lançado em serpentinas de água e, quando chega à temperatura certa, é levado para dentro do galpão.

Esse equipamento é o que permite um dos maiores resfriamentos, garantindo uma brusca queda de temperatura. Com isso, é uma opção perfeita para locais muito quentes ou nos quais os níveis de calor devem ser mantidos bem baixos.

O resultado é um ambiente com distribuição homogênea, que pode ser regulada e que fica bem diferente da parte externa. Com isso, é uma ótima escolha para aqueles locais que serão usados em eventos, por exemplo.

O problema de usar esses equipamentos na climatização de galpão é que o ar, normalmente, fica muito seco. Sem a manutenção correta dos filtros, também há impurezas lançadas. Para completar, o gasto de energia elétrica é uma barreira para o uso adequado desse elemento.

3. Climatizadores evaporativos

Em uma posição intermediária entre ventilador e ar-condicionado ficam os climatizadores evaporativos. Como o nome indica, eles são boas escolhas para a climatização de galpão e, para tanto, utilizam um sistema baseado na água.

Nesses equipamentos, o ar quente entra em contato com um trocador de calor, que possui água resfriada. Com a perda de temperatura, o ar fica resfriado e pesado, sendo ventilado para dentro do ambiente com a ajuda de um equipamento específico.

Como o ar quente é constantemente puxado para esse equipamento, há uma renovação contínua. A queda de temperatura pode variar de 10 a 12°C, dependendo do projeto. Com isso, é possível conquistar o conforto térmico sem dificuldades.

Mais do que isso, outro benefício desse equipamento é que ele gasta muito menos energia elétrica do que o ar-condicionado e ainda ajuda na umidificação. Passam a haver, portanto, melhores condições de ambientação.

A desvantagem é que, em certos casos, ele não é tão potente. Quando a queda de temperatura precisa ser muito acentuada, ele tem que se associar a outros equipamentos para garantir o efeito esperado.

4. Exaustores eólicos

Já os exaustores eólicos são soluções práticas e sustentáveis que são instaladas na região do teto dos galpões. Confeccionados em alumínio, em formato circular e com aletas, eles ajudam a eliminar o calor de dentro de um ambiente e a renovar o ar que nele fica contido.

O funcionamento se dá pelo movimento. Quando há ventos ou mesmo brisas, o exaustor eólico rotaciona, o que cria uma diferença de pressão. Assim, o ar quente que fica embaixo, acumulado na parte interna do teto, pode ser eliminado.

Mesmo sem ventos, há uma atuação eficaz. Como o ar quente é leve, ele sobe e exerce uma grande pressão nos exaustores. Com o movimento, há a liberação desse excesso de temperatura.

Eles não necessitam de energia elétrica e, com isso, oferecem uma solução muito econômica e funcional. Além disso, podem ser dispostos ao longo de todo o galpão, garantindo uma excelente climatização.

Para completar, eles são vazados em seu topo, criando um tipo de claraboia. Durante o dia, ajudam a iluminar intensamente o local, o que diminui o consumo de energia elétrica.

Contudo, essa opção não é capaz de gerar uma redução de temperatura tão rápida — ao menos, não em locais em que não venta muito. O ideal, portanto, é associar esse equipamento a outro de apoio, como um ventilador ou condensador.

5. Telhas sanduíche

Também chamadas de termoacústicas, as telhas sanduíche são elementos que ajudam a garantir que o lugar não fique com o interior tão quente. Ou seja, elas não agem na refrigeração e, sim, diretamente na causa do problema, que é o aquecimento do local.

Elas são compostas por duas fileiras de metal e no meio há um material isolante, como os polímeros. Graças a isso, a troca de calor acontece de maneira controlada, fazendo com que o galpão se torne uma espécie de garrafa térmica. Assim, a temperatura ambiente tem mais chances de ser mantida ou de sofrer poucas elevações.

Além de diminuir a necessidade de equipamentos de refrigeração, ela ainda ajuda a proteger contra os barulhos. Em um galpão que fica em área de movimentações pesadas, seu uso ajuda a garantir, inclusive, a salubridade do espaço.

Porém, o seu custo pode ser um pouco maior e é necessário realizar um projeto sob medida para que haja eficiência energética e acústica da maneira desejada.

Os equipamentos para climatização de galpão diminuem a temperatura do ambiente ou ajudam a proteger do aquecimento. Ao escolher a melhor configuração de itens, é possível ter o máximo de conforto ao utilizar essas unidades.

Ficou com alguma dúvida sobre esse tema? Use os comentários e participe para que possamos te ajudar!