fbpx

Afinal, como fazer a prevenção de roubo de galpão?

7 minutos para ler

Uma das principais preocupações de donos e gestores de mercadorias é a criação de uma estratégia eficiente de prevenção de roubo de galpão. Essa prática é fundamental para evitar perdas e prejuízos que comprometem os resultados financeiros e a lucratividade do negócio.

Existem diversas atividades que podem ser adotadas pelas empresas para impedir que furtos e roubos aconteçam no local de armazenamento dos produtos. Entre elas estão a adoção de sistemas de monitoramento, controle de mercadorias e uso de equipamentos de segurança.

Pensando nisso, colocamos abaixo as principais dicas para fazer uma prevenção de roubo de galpão eficiente e garantir a sua máxima segurança. Confira!

Tenha uma boa estrutura

A primeira dica é focada em um dos principais itens do planejamento da operação logística: a escolha do galpão e do local de armazenamento e/ou distribuição da mercadoria. O ideal é buscar um estabelecimento com estrutura segura.

Dessa forma, além de avaliar as funcionalidades e característica do galpão, procure entender se ele está numa região perigosa  alvo de muitos furtos e roubos. Opte por lugares que contam com muros altos, portões elétricos e sistemas de proteção que possam dificultar o acesso de pessoas sem permissão.

Treine a equipe

Outra atividade importante para fazer a prevenção é treinar a equipe, a fim de garantir que os profissionais entendam as consequências do roubo  multas, demissão e processos legais. Isso garante que aqueles que consideram a opção repensem tal atitude.

Além disso, é importante treinar os colaboradores para que saibam como lidar em situações de roubo. Vale apresentar um passo a passo do que fazer, incluindo:

  • como se comportar durante um roubo;
  • o que não fazer (ex: tentar brigar com um ladrão);
  • como ligar para a polícia ou acionar o alarme;
  • o que fazer quando perceber que outro funcionário está furtando mercadorias ou planejando algo suspeito;
  • normas e regras sobre compartilhar informações de funcionamento do local com pessoas externas.

Esses treinamentos preparam melhor a equipe para lidar com situações de furto e roubo, antes ou durante o ato. Isso é importante para aumentar a segurança da operação e minimizar os danos, caso algo aconteça.

Não se esqueça dos galpões vazios

Um erro muito comum no mercado é esquecer da proteção de galpões vazios, ou seja, aqueles que não estão sendo usados pela empresa. Esses locais são vistos como alvos fáceis para o roubo de fiações elétricas, equipamentos e outros itens da estrutura.

Por esse motivo, é indicado fazer a proteção dos galpões vazios com itens que dificultem a entrada de pessoas sem autorização, como muros e cercas. Outra forma eficiente é recorrer a vigias ou cachorros.

Faça a conferência do estoque de mercadorias

Uma característica comum de locais que sofrem muitos furtos por parte de funcionários é a falta de conferência do estoque. Afinal, quando não há um controle claro sobre a quantidade de mercadorias, alguns colaboradores enxergam oportunidades para fazer dinheiro. 

Dessa forma, crie um controle rigoroso no estoque de produtos e atribua responsabilidade sobre a atividade. Além de evitar furtos pelos colaboradores, a prática ajuda em outros processos, como a compra de itens e gestão de armazenagem.

Tenha um sistema de validação de colaboradores e visitantes

Utilizar um sistema de validação de colaboradores e visitantes é outra prática eficiente para o controle do galpão e proteção das mercadorias. Para a equipe, o uso de uniformes é a melhor opção porque facilita a identificação de pessoas que não deveriam estar no local.

Para visitante, é indicado ter a entrada controlada, realizar um cadastro do indivíduo — nome, identidade, pessoa que vai visitar, empresa em que trabalha e foto — e entregar um crachá que o identifique como autorizado para estar no estabelecimento.

Use a tecnologia na prevenção de roubo de galpão

Existem diversas tecnologias que aumentam a eficiência de um plano de segurança para empresas e suas estruturas. As câmeras de monitoramento e sensores de alertas são as mais comuns.

Controle digital de acesso com cartões, digitais e senhas eletrônicas são tendências de proteção. Esses recursos dificultam a entrada de pessoas sem autorização no local e evitam que consigam remover um ou mais itens.

Falando em tecnologia, podem ser usados sistemas de gestão para realizar o controle do estoque das mercadorias, aumentando a eficiência e reduzindo as chances de erros que comprometem os resultados dessa atividade.

Contrate uma empresa de segurança

Manter um sistema de monitoramento e controle eficiente do galpão não são tarefas fáceis, visto que demandam conhecimento e investimento. Por esse motivo, muitos gestores optam por contratar uma empresa especializada para tomar conta dessa frente do negócio.

Essas empresas ficam responsáveis por instalar medidas ou instrumentos de segurança no local como as câmeras e sistemas de controle de entrada — e até mesmo para fazer a inclusão de profissionais (guardas).

Uma vantagem de terceirizar essas atividades é não precisar fazer altos investimentos nos equipamentos de segurança, nem cuidar de sua manutenção e reposição. A contratação e responsabilidade sobre os profissionais empregados também ficam por conta do fornecedor, reduzindo as preocupações da empresa. 

Tenha seguro contra furtos e roubos

Por fim, é importante lembrar que mesmo com diversas medidas de proteção, roubos e furtos ainda podem ocorrer  cargas perecíveis e de eletrônicos estão entre as mais visadas por pessoas mal-intencionadas. Por isso, ter um seguro é sempre necessário.

Para muitos pode parecer um gasto desnecessário, entretanto, é uma segurança para que perdas sejam minimizadas e a empresa não comprometa sua saúde financeira. Dessa forma, o seguro é um investimento estratégico. 

Uma dica é buscar por empresas especializadas na venda de apólices do segmento logístico, que oferecem soluções de segurança específicas para a proteção de mercadorias em galpões. Além disso, é preciso avaliar a qualidade e a reputação do fornecedor para não ter problemas no futuro.

Fica evidente que fazer a prevenção de roubo de galpão é fundamental para a segurança financeira de uma empresa. Por isso, é importante investir em estratégias que aumentem a eficiência desse processo, como a adoção de processos de monitoramento e controle de estoque.

Além disso, o uso de empresas terceirizadas é uma ótima opção para aqueles que desejam uma estratégia de proteção eficiente e com menor custo. Afinal, são parceiras que se responsabilizam por todas as atividades que envolvem a prática.

Toda estratégia para prevenção de roubo de galpão é interessante para despreocupar os profissionais e garantir que possam se dedicar às suas atividades, principalmente em momentos de sazonalidade logística alta  períodos específicos do ano em que as demandas são maiores e o trabalho mais corrido.

Agora que você já conhece diversas práticas preventivas, confira formas de enfrentar os períodos de sazonalidade logística e garanta melhores resultados para o seu negócio!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Share This

Receba nossos conteúdos em primeira mão