O setor logístico de um negócio tem grande peso para o sucesso empresarial, porém é uma área que apresenta grandes desafios. A gestão de armazenagem, por exemplo, é o ponto central e existem várias formas de potencializar estratégias voltadas para a sua otimização. A questão crucial é conseguir melhorar suas etapas e torná-las mais eficientes.

Desenvolver a cadeia logística utilizando métodos modernos e tecnológicos é uma iniciativa interessante para aumentar os níveis de produtividade e, por consequência, produzir mais lucros para a empresa.

Além do mais, com processos mais inteligentes, o atendimento empresarial melhora bastante, permitindo que seus clientes fiquem muito mais satisfeitos. Em um cenário tão concorrido, essa atitude é indispensável para seu negócio ganhar destaque no mercado.

Pensando nisso, preparamos este post para que você conheça 7 dicas para a gestão eficaz do seu estoque. Confira agora!

1. Faça parcerias

Os fornecedores são peças fundamentais quando o assunto é logística. Quando ocorrem falhas no fornecimento de materiais, ocasionando a entrega irregular de produtos, isso pode provocar sérias falhas nos processos de uma empresa. Assim, é preciso que você observe e analise alguns métodos no momento de escolher fornecedores.

Você deve sempre buscar por empresas que sejam confiáveis e que ofereçam itens de qualidade. Além do mais, é interessante estabelecer parcerias para estreitar esse relacionamento a fim de otimizar toda a cadeia logística do seu empreendimento. Uma comunicação eficiente e um relacionamento coerente entre as partes garantem o cumprimento das normas contratuais.

Seu fornecedor vai se esforçar muito mais para oferecer o melhor atendimento à sua empresa quando ele é valorizado. Isso aumenta a disposição para a negociação de valores e condições que sejam melhores para ambas as partes.

Sendo assim, você deve zelar pela manutenção desse relacionamento para a boa gestão de armazenagem, levando em conta a parceria entre sua empresa e seu fornecedor.

2. Utilize recursos tecnológicos

Obter um melhor controle de todas as rotinas da gestão de armazenagem é muito importante para otimizar o processo de execução da sua empresa. Quando existe esse controle sobre processos e resultados, você consegue identificar erros e gargalos de forma que fica muito mais fácil conseguir solucioná-los em tempo hábil.

Mas não fique restrito a isso, pois a logística é uma cadeia de etapas bem complexas e tudo pode se complicar quando esses processos são feitos manualmente. Sendo assim, é interessante gerenciar o seu negócio com a ajuda da tecnologia.

Um sistema de gestão, por exemplo, é utilizado por várias empresas e ele proporciona soluções em todas as áreas do negócio, como um ERP, que tem a função de interligar setores. Isso assegura maior controle e produtividade para o empreendimento em tempo real.

3. Planeje processos

Por ser um setor que apresenta uma série de processos operacionais, é interessante fazer o mapeamento de todos os procedimentos da gestão de armazenagem.

Dessa forma, sua empresa vai assegurar o melhor atendimento de todas as etapas. Então, analise a cadeia de atividades e observe como uma mercadoria é recebida, preparada e enviada para seus clientes. Crie um mapa com todos os estágios e revise-o constantemente para garantir sua funcionalidade.

Além do mais, é imprescindível pensar no médio e no longo prazo e analisar a metodologia de mercado e demanda de clientes. Monitore indicadores de desempenho e observe as tendências e a sazonalidade para poder planejar melhor seus investimentos.

4. Forneça treinamento adequado à sua equipe

Com o avanço da tecnologia e novos procedimentos surgindo, é interessante que você adapte sua equipe à realidade. Uma forma de fazer isso é disponibilizando treinamentos periódicos a eles.

Então, talvez seja interessante você promover cursos de capacitação técnica que sejam capazes de planejar e lecionar disciplinas voltadas para o processo de estocagem. Fazer isso vai aumentar bastante a eficiência da sua gestão de armazenagem e destacar sua empresa frente à concorrência.

5. Opte por um bom modelo de reposição

Escolher um modelo de reposição é muito importante e essa opção precisa ser feita conforme as necessidades do empreendimento. Há reposições contínuas e periódicas.

Para mercadorias de maior valor agregado, normalmente a empresa opta por um modelo de reposição contínua, em que os pedidos são gerados na hora em que o estoque alcança o ponto de reposição. Seu grande benefício é que o nível de estoque fica baixo, diminuindo os custos relacionados com armazenagem, porém você fica mais dependente de fornecedor.

O modelo de reposição periódica é feito com base em um agendamento prévio e, normalmente, é mais utilizado para itens de valor reduzido, que representam uma parcela menos robusta nos lucros da empresa. Aqui, você cria uma rotina de recebimento, no entanto, corre o risco de ficar sem material se houver alguma mudança brusca nos hábitos de consumo.

6. Promova a previsão de demanda

Uma das formas de gestão de armazenagem mais eficaz é administrar corretamente as demandas da sua empresa. No entanto, muitas empresas negligenciam essa etapa e acabam acabam tendo prejuízos e perdas de vendas.

Assim, é interessante que você analise corretamente as demandas, já que isso vai auxiliar seu negócio a recalcular os parâmetros de planejamento. São práticas simples mas que beneficiarão por completo todas as áreas da empresa.

7. Organize o layout do armazém

O modelo de como os estoques são distribuídos é essencial para que você tenha sucesso na gestão de armazenagem. Isso porque o layout pode tanto favorecer a movimentação dentro do local como causar problemas.

O ideal é que, no momento de acrescentar itens no armazém, seja realizado um planejamento de acordo com os materiais que apresentam maior saída. Além disso, deve-se levar em conta itens que necessitam de maior manuseio, os que exigem mais espaço, entre outros.

O layout organizado como uma linha de produção favorece essa prática e permite reduzir tempo, além de ajudar também a aproveitar o espaço disponível em seu estoque.

É interessante também contar com um local amplo quando as empresas exigem uma grande demanda de produtos. Isso favorece a logística do negócio e otimiza todos os processos voltados para esse setor.

Enfim, a gestão de armazenagem merece toda a atenção dos empreendedores. Afinal, otimizar seu desempenho provoca grandes impactos na lucratividade e no funcionamento de outras áreas da empresa. Logo, aproveite essas dicas para melhorar a administração dessas etapas e tenha um negócio mais competitivo e que proporcione maiores lucros.

Gostou deste post? Que tal assinar nossa newsletter e ter conteúdos como este diretamente em sua caixa de entrada?