7 dicas para alugar galpão logístico com tranquilidade

5 minutos para ler

O mercado de galpões é muito amplo. Com a alta demanda promovida principalmente pelo crescimento do e-commerce, ocupar um galpão logístico se tornou fundamental para boa parte dos empreendedores. 

A locação é uma ótima alternativa para quem precisa desse tipo de espaço de forma ágil, e com bom custo-benefício e é possível encontrar estruturas variadas para essa finalidade.

Mas, antes de assinar o seu contrato de locação, é essencial tomar alguns cuidados básicos para evitar armadilhas e dores de cabeça no futuro. Por isso, separamos 6 dicas para a hora de alugar o galpão logístico.

  • Visite a região para avaliar melhor a localização

A primeira coisa a se fazer antes de alugar esse tipo de espaço é mapear sua localização. Na  internet é possível fazer um filtro inicial para avaliar acessos, distâncias e rotas. Os anúncios dão uma ideia da estrutura do imóvel e do seu estado de conservação. Inclusive, algumas imobiliárias oferecem o serviço de visita virtual que auxilia bastante nessa primeira triagem  do galpão.  

Porém, o ideal é sempre ver de perto a edificação para concluir a análise. Inclusive, aqui vale a dica de visitá-la em diferentes horários, principalmente se o horário de funcionamento do espaço vai ser em turnos.

Assim você pode verificar a segurança, o trânsito e a infraestrutura da região em diferentes horários. 

  • Veja se o galpão logístico possui toda a documentação necessária

Muitos empreendedores pensam que, uma vez que o galpão está para alugar, ele atende a todos os requisitos da legislação. Porém, às vezes acontece de alguma licença ou regularização do imóvel estar pendente perante aos órgãos públicos. 

Por isso, é fundamental, tanto a análise da documentação do imóvel, quanto uma consulta prévia de viabilidade da sua atividade no local. Nessa consulta, a prefeitura informará se o zoneamento do imóvel permite a realização do seu negócio, além listar itens a serem cumpridos para que seja expedido o alvará de funcionamento.

  • Avalie a qualidade das instalações

De modo geral, um galpão logístico é uma estrutura para a sua empresa se instalar e permanecer por alguns anos. Por isso, é importante ter certeza que as instalações são realmente de qualidade e que poderão atender o seu negócio.

E aqui vale verificar tudo, desde desgastes nas telhas e calhas do telhado, avarias no piso, sua capacidade de carga, o funcionamento de equipamentos e acessórios, entre outros. 

Tenha sempre em mente que a estrutura vai ser determinante para a produtividade da sua empresa. Ter que lidar com pequenos problemas diariamente, como piso inadequado ou vazamentos estruturais, pode acabar gerando perda de tempo e dinheiro. 

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Então certifique-se que tudo está dentro do padrão de qualidade que a sua empresa exige.

  • Verifique se a capacidade de armazenagem segue o seu planejamento estratégico 

Mais uma das dicas para a hora de escolher esse tipo de espaço é verificar se ele realmente vai atender o seu negócio no curto, médio e talvez longo prazo. Todo empreendedor quer ampliar suas operações, logo o galpão precisa acompanhar esse tipo de meta.

Imagine fazer todo o processo para alugar um galpão, instalar a sua empresa, organizar tudo e depois de alguns meses se dar conta de que a estrutura não comporta mais o volume de operações do seu negócio? 

Para evitar esse transtorno o ideal é considerar uma área para possível expansão no galpão locado. 

Uma boa alternativa é investir nos galpões modulares. Basicamente você consegue alugar módulos conforme as necessidades do seu negócio, evitando assim todo o transtorno de ter que mudar o espaço caso a empresa cresça. 

  • Atenção especial aos acessos 

Esse é um detalhe que muitos empresários esquecem, mas que gera muita dor de cabeça. 

Às vezes o galpão logístico fica em uma região incrível, próximo aos clientes e fornecedores e com todo o tipo de serviço que a sua empresa precisa. Porém, as vias de acesso para caminhões e carretas não são adequadas. Se o seu fluxo é pequeno, talvez seja uma questão de menor importância, porém, pode ser bem estressante do que lidar diariamente com carretas tendo dificuldades em manobrar, ou até mesmo sem poder estacionar no local e proximidades. 

Certifique-se de que o imóvel que você está avaliando tem bons acessos de acordo com os veículos da sua empresa. Além disso, caso o seu empreendimento tenha uma frota própria, não esqueça de verificar se existem vagas internas suficientes para seus automóveis e caminhões, e até mesmo para visitantes. 

  • Olhe o contrato com atenção 

Por último, mas não menos importante, sempre dê uma bola olhada no contrato de locação. É nele que irão constar todas as informações pactuadas da negociação, incluindo penalidades em casos de eventuais infrações. 

Todo o documento deve ser lido com atenção, e nós recomendamos dar uma atenção especial nas partes que tratam sobre benfeitorias, obras no imóvel e a manutenção do galpão logístico. Lembre-se de que há direitos e obrigações para ambas as partes, locadores e locatários. 

Esperamos que essas dicas te ajudem a escolher um espaço que realmente atenda as necessidades da sua empresa! 

Aproveite para assinar a nossa newsletter e receba as novidades da Só Galpões em primeira mão. 

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe uma resposta