fbpx

4 fatores que influenciam a valorização de imóveis

4 minutos para ler

A valorização de imóveis está condicionada a alguns fatores que variam, entre outras coisas, de acordo com o tipo de propriedade. A demanda e a oferta, por exemplo, são fatores relevantes. No caso dos imóveis comerciais, a demanda é alta porque muitas pessoas procuram alugar ou comprar pontos para seus negócios.

Os galpões vêm passando por alta valorização, já que podem ser locados por empresas e pessoas físicas para armazenar estoques a menores custos, ou seja, não precisam comprar um ponto próprio para os serviços de armazenagem.

A seguir elencamos alguns fatores que influenciam no valor de mercado do imóvel!

1. A localização

As empresas devem estar situadas em pontos estratégicos, perto ou dentro do comércio ou em polos industriais, pois a boa acessibilidade é uma vantagem relevante. Um lugar com dificuldades de acesso acaba apresentando baixa demanda. Assim, é preciso considerar o acesso geral, incluindo transeuntes e veículos facilitando a chegada e a saída, com acesso às principais rodovias e ruas.

A segurança também é importante, considerando que regiões em que há elevados índices de assaltos não contribuem para a valorização de imóveis corporativos.

2. As dimensões

Imóveis maiores tendem a ser mais valorizados, mesmo que a construção não ocupe todo o espaço disponível. O terreno serve como base para futuras instalações (armazém, estacionamento, criação de novos setores da empresa) e pode servir ainda como espaço para alojar a frota da empresa.

Para pontos comerciais e empresas em geral, os estacionamentos são um diferencial muito importante, pois facilitam a parada dos motoristas com mais segurança e também permitem que os funcionários deixem seus veículos mais protegidos.

Um prédio com mais de um andar e várias salas, por exemplo, tem maior valor no mercado, já que possibilita a locação de espaços a diferentes profissionais. Trata-se de um empreendimento exclusivamente empresarial, do qual já existem muitos modelos em diferentes metrópoles nacionais e internacionais.

Normalmente, um galpão muito amplo tem preços de locação e venda mais altos do que um menor. Contudo, dependendo de sua localização, um espaço com dimensões moderadas, mas com posicionamento estratégico, torna-se mais valorizado do que um grande armazém mal localizado.

3. A tecnologia

Outro fator importante na valorização de imóveis é a tecnologia, principalmente aquela associada à segurança, como câmeras de vigilância, cerca elétrica, sensores de presença, iluminação infravermelha, circuito fechado de TV, portaria remota e outras ferramentas e recursos.

Uma boa conectividade com a internet, sistemas automatizados que facilitam os processos e as operações, máquinas que substituem o trabalho humano e aumentam a produtividade são exemplos de tecnologia que valoriza imóveis corporativos e ajuda a aumentar o preço de venda ou de locação.

4. As condições físicas

Como em qualquer tipo de imóvel, as condições físicas também influem no valor de mercado de uma construção comercial ou industrial. As edificações mais novas apresentam um valor elevado, enquanto as antigas oferecem preços acessíveis, seja para compra e venda, seja para locação.

Porém, as reformas ajudam bastante a valorizar o imóvel. Um prédio antigo que passou por ampla reforma e adquiriu aspecto de novo pode ser tão valioso na visão mercadológica quanto um prédio novo.

Esses são alguns fatores que influenciam na valorização de imóveis, inclusive os corporativos. Ficar atento a eles é importante para ter sucesso na hora de escolher imóveis para comprar ou alugar ou quando disponibilizá-los para venda e locação.

Agora que já conferiu as dicas, aproveite para seguir a Sogalpões nas redes sociais.  Estamos no FacebookTwitterLinkedIn e YouTube!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Share This